Home » Internet » Para evitar pichações, Google Map Maker reabrirá em agosto com curadoria da comunidade

Para evitar pichações, Google Map Maker reabrirá em agosto com curadoria da comunidade

Google Map Maker, ferramenta de edições para o Google Maps, será reaberto à comunidade de editores. Mountain View deixará a responsabilidade da revisão dos mapas nas mãos dos líderes regionais. Tudo para evitar novas pichações constrangedoras.

4 anos e meio atrás

Laguna_Google_Map_Maker_defacement

Android alivia a pressão em uma pobre Maçã inocente (crédito: Engadget)

No final de abril tornaram-se públicas algumas pichações feitas por usuários do Map Maker, ferramenta de edição do Google Maps, onde há críticas ao Google e a provocação infantil à Apple, na figura acima. Algumas semanas após tomar conhecimento, o Google desativou novas sugestões dos usuários no Map Maker, tanto para retirar as indesejáveis ilustrações nos mapas quanto para organizar um novo sistema de moderação.

De acordo com um tópico no Fórum do Google Map Maker, o retorno da ferramenta será em breve.

O Map Maker será reaberto para edições no início de agosto e daremos preferência aos usuários que tiveram maior influência sobre o resultado final em seus países específicos. Isso será traduzido em maior abertura da moderação do Map Maker em relação à comunidade de editores.
·  
Enquanto algumas edições ainda vão requerer moderação pelos funcionários do Google, nossos leais usuários perceberão nossa mudança de postura, pois antes a maior parte das edições eram revisadas pelos nossos funcionários. Esse sempre foi um pedido antigo dos usuários e será atendido, uma boa notícia para todos.” — Pavithra Kanakarajan

Uma das pichações criticava justamente a política de Mountain View em relação à revisão das edições no Map Maker, que era acusada de alienar a comunidade de editores da ferramenta em relação ao resultado final no Google Maps.

Laguna_Map_Maker_screen_shot

Enquanto as imagens de satélite não são atualizadas, algumas edições no Google Maps podem vir a ser úteis (crédito: 9 to 5 Google)

Como o Google possui um número limitado de funcionários para fazer a moderação central do Map Maker, a empresa vai selecionar como “Líderes Regionais” aqueles usuários da comunidade de editores que foram mais influentes no resultado final visto no Google Maps, em cada região específica. Os funcionários do Google vão revisar os mapas editados na ferramenta apenas de vez em quando, pois o grosso do trabalho será deixado nas mãos dos líderes regionais e no sistema automatizado.

O editor Map Maker será reaberto região a região a partir do início de agosto. Esperemos que a confiança na comunidade não seja abalada tão cedo!

Fonte: The Verge.

relacionados


Comentários