Home » Ciência » Monte Fuji agora terá Wi-Fi grátis

Monte Fuji agora terá Wi-Fi grátis

No Japão, o Monte Fuji vai inaugurar Wi-Fi grátis nas principais construções voltadas a turistas. Agora você tem a quem recorrer durante um terremoto. Ou não.

4 anos e meio atrás

Laguna_Monte_Fuji_Wi-Fi

Fuji-san, um dos mais belos vulcões adormecidos do Japão (crédito: Engadget)

Se há algo de bom que os smartphones nos trouxeram foi a possibilidade de tirar fotos e compartilhá-las imediatamente nas redes sociais. Muita gente parece viajar só para tirar essas fotografias e fazer inveja aos amigos.

Só há um problema: nem todo lugar possui conectividade, em especial aqueles mais extremos. Um belo exemplo é o Monte Everest que, embora tenha recebido 4G graças aos esforços da Huawei e China Mobile, não possui praticamente conectividade alguma acima dos 5.200 metros de altitude. Para casos assim, o jeito é levar equipamento profissional mesmo, com conexão via satélite. E torcer para sair vivo dali.

Melhor tentarmos um meio-termo, uma montanha menor e até mais bonita. No caso, o Monte Fuji no Japão. Para o aventureiro que não quer pagar as taxas imorais de roaming 4G, os japoneses inaugurarão nesta sexta-feira (10/07) pontos de acesso Wi-Fi no maior pico do país.

Laguna_Monte_Fuji_Trilha_Gotemba

Mais de perto não é tão bonito assim (crédito: A Aventura Começa)

O vulcão adormecido de 3.776 m de altura terá cobertura Wi-Fi em oito pontos de acesso, incluindo as principais construções para abrigar turistas ao longo do Fuji-san. O acesso será gratuito mas, até para evitar bagunça na montanha mais escalada do mundo, será disponibilizada uma senha válida por 72 horas.

A responsável por trazer Wi-Fi ao Fujiyama é a operadora NTT Docomo, em colaboração com as províncias de Yamanashi e Shizuoka. Embora o serviço de Wi-Fi seja gratuito para todos os montanhistas, a ideia das duas províncias é incentivar o turismo internacional na região. E publicidade gratuita nas redes sociais.

As duas províncias pretendem distribuir por ano 70 mil folhetos e cartões especiais em línguas estrangeiras para mostrar aos turistas as senhas e etapas para acessar o serviço Wi-Fi gratuito. Lembrando que anualmente o Monte Fuji recebe de 40 a 50 mil turistas em suas trilhas oficiais.

O tio Laguna só espera que o vulcão ali continue adormecido. Imagina ter erupção e você perder o sinal do 4G. Pior: estar longe de um desses pontos de acesso durante um terremoto. Melhor só aproveitar a vista e sair rápido dali.

Fonte: Engadget.

relacionados


Comentários