Home » Games » Games para PC » Mojang anuncia morte do Scrolls

Mojang anuncia morte do Scrolls

Mojang anuncia fim do desenvolvimento do jogo de cartas Scrolls e anuncia desligamento dos servidores para julho de 2016.

4 anos atrás

scrolls

Quando a Microsoft anunciou a compra da Mojang, todo mundo sabia que o negócio havia sido fechado visando o Minecraft. Naquela ocasião os novos donos do estúdios disseram que não sabiam o que aconteceria com o outro título da desenvolvedora, o jogo de cartas Scrolls e agora uma decisão sobre o futuro do game finalmente foi revelada.

Segundo um comunicado publicado no site oficial, manter um desenvolvimento continuo deixou de ser algo sustentável, o que significa que o jogo não ganhará mais conjuntos de cartas nem novas funções. Além disso, os servidores que permitem a realização de partidas funcionarão apenas até julho do ano que vem.

Contudo, o lançamento de atualizações para manter o balanceamento do Scrolls não estão descartados, assim como a possibilidade de continuarmos comprando um jogo que sabemos que tem prazo de validade, mas de acordo com os responsáveis, o valor arrecadado será usado para mantê-lo funcionando pelo maior tempo possível.

Tivemos um grande momento trabalhando no Scrolls e estimamos cada jogador que baixou nosso jogo,” diz a nota divulgada pela Mojang. “Um agradecimento especial para os membros mais dedicados da nossa comunidade; alguns de vocês logaram quase todos os dias desde o lançamento e dedicarem grande parte de seus tempos para dominar os placares e cuidarem de novos jogadores.

Com isso, acho que fica claro que quando se trata da Mojang, a Microsoft colocará todas as suas fichas em fazer com que o Minecraft se torne o maior jogo que ele puder ser, o que no fundo era esperado.

Tal notícia definitivamente não é boa para ninguém, mas tenho pena daqueles que pagaram US$ 20 pelo Scrolls antes dele ter seu preço reduzido e que nunca verão o jogo se transformar no gigante que esperavam, e ainda pior, logo nem continuar jogando eles poderão.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários