Home » Games » Microsoft » Sim, existe alguém que ainda acredita no Kinect

Sim, existe alguém que ainda acredita no Kinect

Phil Spencer diz que Kinect não foi abandonado e que acessório ganhará seu espaço conforme novas experiências forem entregues e as desenvolvedoras criem para ele. Será?

4 anos atrás

kinect-2

Eu admiro aqueles que enxergam no Kinect um ótimo acessório para games, de verdade. Depois de ver o meu detector de movimentos do Xbox 360 virar um belo peso de papel e de não ter encontrado muita utilidade para o do Xbox One, achei bom a Microsoft ter nos dado a oportunidade de adquirir o novo console sem o Kinect 2, sentimento que pelo jeito muita gente compartilha, afinal as vendas melhoraram bastante depois desta decisão.

Devido a esta clara demonstração por parte dos consumidores de que eles não davam muita importância para o Kinect e ao anúncio do HoloLens, eu imaginei que a Microsoft havia finalmente desistido do acessório, mas de acordo com uma entrevista concedida por Phil Spencer, o chefe da divisão Xbox, não é bem por aí.

Ele não está abandonado. Nós desenvolvemos o Upload Studio 2.0, que conta com tela verde de fundo para ser utilizada com o Kinect. Continuaremos criando funcionalidades para fazer dele uma parte valiosa do ecossistema. Isso dito, o preço é realmente importante para o console — vimos isso nas festas de fim de ano no Reino Unido e nos Estados Unidos, onde fomos bem quando baixamos o preço, o que é fantástico…

As equipes continuam considerando maneiras em que o Kinect torne a experiência de entretenimento melhor. Eu diria que a área em que ele realmente não desembarcou — e não sei se irá — é, ‘o Kinect é parte integrante de todos os cenários de jogos no nosso console em termos de jogabilidade minuto-a-minuto?’ Existem gêneros em que o Kinect funciona muito bem, mas se você estiver jogando Halo ou Call of Duty, não há um cenário que diz, ‘ei, eu preciso de um Kinect.’ Há muita empolgação e ainda existem anúncios a serem feitos sobre o que as pessoas farão com ele, mas o lugar do Kinect será ganho com as experiências que existirem por aí e com as desenvolvedoras que mostrarem interesse.

Por ser alguém no cargo de Spencer, é natural que ele não queira admitir que tanto o primeiro quanto o segundo Kinect falharam justamente naquilo que deveria ser seu foco, que era tornar a experiência de jogar melhor, mas acho que a própria resposta traz isso nas entrelinhas.

Tornar a gravação de vídeos com gameplays mais interessantes ao adicionar alguns recursos? Ser útil apenas em alguns poucos gêneros? Ganhar seu espaço quando as desenvolvedoras mostrarem interesse, o que vale dizer, não tem acontecido? Pois na minha opinião, tudo isso só confirma o que tenho dito há algum tempo: o Kinect é muito legal! Para o pessoal que usa sua criatividade para criar demos engraçadinhas e eventualmente até para ajudar alguns profissionais. Para jogos? Não, obrigado, prefiro continuar jogando com um controle.

Fonte: Gamesradar.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários