Home » Miscelâneas » Correios da Suíça vão testar entregas via drones

Correios da Suíça vão testar entregas via drones

O futuro do SEDEX? Serviço postal suíço vai testar um serviço de entrega de encomendas realizado por drones, capazes de determinar eles mesmos a melhor rota

4 anos atrás

matternet-drone

Modelo do drone da Matternet

Existem boas ideias, más ideias e ideias boas que se tornam ruins se aplicadas de forma errada. No geral drones fazem parte da primeira categoria, são excelentes para monitoramento, busca, filmagens, mapeamento, tarefas agrícolas, resgate, pastoreio de ovelhas, e etc., além de serem bem úteis para fins militares. O caso do drone garçom por exemplo é o mau uso de uma tecnologia excelente, de um modo que trará mais transtornos do que vantagens (a saber, nenhuma).

Sob meu ponto de vista utilizar um drone como ferramenta para despachar mercadorias é uma ideia boa, mas que precisa ser executada da melhor forma possível para não dar problema. Claro, existem as questões burocráticas: nos EUA a Amazon teve seus planos frustrados pela FAA. Já na Suíça o serviço postal do país vai testar se os drones são capazes de realizar entregas de encomendas.

O teste será realizado em conjunto com a empresa de transporte aéreo SwissWorldCargo e a fabricante de drones de carga Matternet. O teste envolverá um drone capaz de transportar um pacote de até 1 kg por uma distância de até 20 km, sem necessidade de recarga. A Matternet já realizou testes no Haiti, entregando suprimentos e medicamentos em áreas remotas (não se engane, sendo um país miserável ele ainda sofre com os efeitos do terremoto de 2010).

Matternet in Haiti

O teste servirá não somente para averiguar se é possível empregar um serviço postal automatizado como as próprias capacidades dos drones. Segundo a Matternet os quadricópteros são alimentados pelos dados da nuvem e determinam eles mesmos a melhor rota de entrega.

Pode até não dar certo, mas o fato de que um órgão como o serviço postal suíço ter visto utilidade nos drones pode vir a animar outras instituições e ajudar a aumentar sua aceitação, desde que sejam empregados em aplicações úteis de verdade. Os testes serão realizados a partir do fim de junho.

Fonte: Matternet.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários