Home » Internet » Twitter aperta o cerco contra mensagens abusivas

Twitter aperta o cerco contra mensagens abusivas

Mudanças feitas pelo Twitter visam inibir o uso da rede para fins de agressão ou incitação ao ódio, bem como punir os usuários que não cumprirem as regras.

5 anos atrás

twitter

Com uma frequência cada vez maior (e mais indesejada), temos a sensação de que a internet é uma grande terra sem leis, onde cada um faz o que quer, como quer, com quem quer, e tem a garantia do anonimato ou, ao menos, da sensação de impunidade. Atitudes racistas e homofóbicas, por exemplo, tornam as redes sociais ambientes quase que inóspitos. Mas, felizmente, algumas empresas têm se movimentado com o intuito de deixar os seus serviços cada vez mais agradáveis a todos os usuários.

Nesta terça-feira, o Twitter anunciou uma importante mudança em sua política de uso que visa prevenir e, em último caso, punir usuários que utilizem a rede social do passarinho azul de forma indevida. Em um comunicado postado no blog do serviço, a empresa afirma que a primeira medida foi atualizar a política de “violência e ameaças”, que passou a proibir, ao usuário, “publicar nem postar ou promover ameaças de violência contra outras pessoas”.

Uma outra medida foi a criação de uma opção para que a equipe da rede social suspenda, por um determinado intervalo de tempo, a conta dos usuários que estejam infringindo as regras de uso, como promovendo ou incitando a violência contra um usuário ou grupo de usuários. Além do bloqueio temporário, o usuário poderá ser obrigado a confirmar o seu número de telefone para que possa voltar a utilizar a rede social, medida que já fazia parte do processo do Twitter.

twitter_atualizacao_politica1

Além do bloqueio e fornecimento do telefone, os usuários também poderão ser convidados a lerem os termos de uso do serviço para que não voltem a cometer as mesmas infrações, para, somente então, serem “convidadas” a excluírem o conteúdo que levou à suspensão da conta em questão.

Por fim, a rede social afirma ter aprimorado a sua ferramenta de prevenção de abusos. Segundo a empresa, um algoritmo criado será capaz de identificar palavras ou conjunto de palavras que, dentro de um determinado contexto, possam ser utilizadas para agredir pessoas. Para que esta detecção possa ser feita, o mecanismo leva em conta tweets que, anteriormente, foram identificados como abuso pela equipe do serviço.

twitter_atualizacao_politica2

Quem me conhece, sabe que o Twitter é, de longe, a minha rede social preferida. As medidas anunciadas hoje pela empresa me deixam muito contente e satisfeito. É fundamental que as empresas tomem medidas como estas, mas, ainda mais importante, é fazer com que as pessoas aprendam a lidar com as diferenças da forma mais harmoniosa possível. Sim, eu acredito na humanidade.

relacionados


Comentários