Home » Indústria » Apple não quer mais as filas em dias de lançamento

Apple não quer mais as filas em dias de lançamento

Memorando obtido por site britânico dá a entender que a Apple está mudando sua forma de ver as clássicas filas em dias de lançamento.

5 anos atrás

DSC_0127

Primeiro de tudo, uma confissão: eu já fiz isso. Isso, essa coisa bizarra de ficar alguns dias numa fila ao lado de estranhos para comprar um produto eletrônico. Não me orgulho disso.

Me lembro como se fosse ontem… Era a primeira vez que eu visitava os Estados Unidos, sequer sabia que um dia eu viveria aqui. Era ainda um pequeno girino (mentira, já tava velho), quando um amigo me convenceu que eu deveria passar por isso. Pelo menos pra tentar entender o frisson, o furor, a paixão dos aficionados pela maçã.

Assim, fiquei. Esperamos por horas até a loja abrir. Vimos o primeiro maluco sair lá de dentro com seu iPhone, todo feliz. Vimos um retardado dando marretadas em uma caixa enquanto alguém filmava. Enfim, foi um espetáculo à parte, uma espécie de rito de passagem, uma experiência que todo mundo que trabalha com tecnologia, sendo utilizando, seja escrevendo a respeito, deve passar (Não!). Ao menos, deveria…

Isso porque a chefe de operações das lojas da Apple, Angela Ahrendts, está trabalhando para acabar com as tradicionais filas. O memorando abaixo vazou, foi obtido pelo Business Insider, e revela que a companhia está adotando novas políticas que vão forçar incentivar os clientes a utilizarem o aplicativo da Apple Store ou o site da loja online para realizarem suas compras, em vez de irem para uma loja física antes do lançamento.

image-6

“Os dias de espera na fila e dedos cruzados por um produto chegaram ao fim para nossos clientes” — é assim que começa um memorando de Angela Ahrendts obtido pelo pessoal da Business Insider.

O app da Apple Store e nossa loja online tornam muito mais fácil a compra de um Apple Watch e do novo MacBook. Os cilentes saberão exatamente quando e onde seus produtos chegaram.” — diz o texto.

No Reino Unido, não será possível buscar o Apple Watch na loja física. Os consumidores deverão esperar o produto chegar em suas casas. No entanto, a opção "retirar na loja" continuará habilitada nos EUA (e, possivelmente, em outros países). Ainda assim, está claro que a Apple está mudando sua forma de vendas em lojas físicas, ao menos quanto aos produtos mais novos e mais procurados.

Não que isso seja uma surpresa completa. Não é raro ver pessoas esperarem nas filas, por horas, querendo comprar um iPhone e saírem de lá chupando o dedo, que gera má publicidade. “Ah, mas má publicidade ainda é publicidade”, você pode dizer. E a Apple pode discordar.

Além disso, a formação de filas na frente das lojas servem de foco para muitas pessoas que, na verdade, só atrapalham os consumidores reais, como compradores em lotes enormes, que migram os aparelhos para o mercado negro de outros países, ou até mesmo gente representando outras empresas desesperadas por verem e serem vistas. Isso sem contar as pessoas guardando lugar só pra depois vender.

iphone-6-line

Talvez ser mais enfático em relação à compras pela internet possa ajudar clientes legítimos da Apple. Talvez isso venha a incomodar pessoas que adoravam as filas. O que vocês acham? Deixem sua opinião aqui embaixo nos comentários.

Fonte: Business Insider.

relacionados


Comentários