Home » Ciência » Google e Johnson & Johnson vão desenvolver robôs cirurgiões

Google e Johnson & Johnson vão desenvolver robôs cirurgiões

Que tal ser operado por um autômato? Google e Johnson & Johnson anunciam parceria na produção de robôs para auxiliar médicos a realizarem cirurgias

5 anos atrás

futurama-robot-surgeon

Uma verdade que muita gente não percebe é que já automatizamos muito de nossas vidas. Algumas tarefas e procedimentos passam por mãos humanas apenas em casos muito específicos, como é o caso de toda a aviação comercial: o sapien só assume quanto o sistema dá pau.

No caso de plataformas médicas a incisão é mais embaixo. Muita gente ainda torce o nariz quando fica sabendo (depois, é claro) que foi operado à distância por um médico manuseando o Da Vinci, sistema utilizado em diversas partes do mundo. No Brasil ele está presente nos Hospitais Sírio-Libanês, Albert Einstein e Oswaldo Cruz.

Mas é preciso mais. E para isso o Google fechou uma parceria com a Johnson & Johnson para desenvolver mais e melhores robôs.

da-vinci

Não, não é Prometheus: este é o Da Vinci em ação

O Google, que já vem apresentando autômatos incríveis há tempos vai se unir à Ethicon, a divisão da J&J responsável por tecnologias médicas, visando troca de patentes, experiência e conhecimento visando oferecer uma plataforma robótica voltada a cirurgias mais avançada e confiável.

Claro, a intenção não é nem de longe substituir os médicos mas sim oferecer mais e melhores ferramentas. Cirurgias ainda são um procedimento pra lá de invasivo, e os robôs podem permitir realizar uma operação com o mínimo de incisões, reduzindo em muito o tempo de recuperação do paciente e evitando complicações no pós-operatório.

O outro ponto de vantagem é a possibilidade de realizar cirurgias à distância. O Da Vinci é capaz disso, foi inclusive criado para essa função. Tal capacidade é muito útil em casos de emergência quando o cirurgião não pode estar presente. Com um sistema do tipo ele pode operá-lo e coordenar sua equipe médica em qualquer lugar que esteja.

A Ethicon não é nenhuma desconhecida no ramo: é uma divisão de mais de 60 anos de idade especializada no ramo médico. Do lado de Mountain View o mais provável é que a expertise venha da divisão Google X, que já apresentou coisas interessante e obviamente da Boston Dynamics, responsável por todos aqueles robôs maravilhosos que vão nos matar horrivelmente quando a Skynet se tornar operacional.

Resta esperar o que vem dessa união, já que tanto o Google quanto Johnson & Johnson se recusaram a dar detalhes. Desde já eu digo que é excelente, quanto mais pessoas estiverem trabalhando nessa área mais acessíveis esses procedimentos se tornarão, o que é bom para todo mundo.

Fonte: BI.

relacionados


Comentários