Home » Áudio e vídeo » Lumia 930 filmando em 4K. Lindo, mas não obrigado.

Lumia 930 filmando em 4K. Lindo, mas não obrigado.

Diz um velho ditado: cuidado com o que deseja, você pode conseguir. Pois é, agora o Lumia 930 filma em 4K, desejo realizado. Realidade? Não é essa Coca-Cola toda. Digo, qualidade é, praticidade é que é o problema.

5 anos atrás

930-design-post-in-line4

Eu compreendo perfeitamente a estratégia da Microsoft, ao privilegiar os aparelhos mais entry-level na hora das atualizações. Mais gente ganha mais recursos primeiro, as necessidades da maioria se sobrepõe às necessidades da minoria, ou de um só, mas o problema é quando o um só sou eu.

Mesmo assim após longo e tenebroso inverno saiu a atualização para a última versão do Windows Phone, rodando no Lumia 930. Há toneladas de novidades, todas você acha em outros sites, a que me interessou mesmo foi a possibilidade de filmar em 4K, já que câmera lenta a Microsoft ficou devendo.

4K é o futuro, ou melhor, o futuro do presente, já que o futuro é o 8K. Ou 16K, sei lá. As imagens em 4K são assustadoramente nítidas, exigem equipamento especial e o foco é um problema. Ver filmes em 4K é maravilhoso, monitores 4K melhores ainda, mas a realidade é que ninguém tem nada 4K em casa.

Ao habilitar o Lumia 930 para filmar em 4K  a Microsoft me colocou na estranha situação onde meu celular filma em uma resolução maior do que tudo que tenho em casa é capaz de exibir.

Carlos Cardoso — Teste 4K Windows Phone Lumia 930

O vídeo acima por exemplo foi feito em 4K. Cada frame é uma foto em alta resolução, 3.840 × 2.160 pixels, a definição é linda mas foram 14 segundos que ocuparam 101 MB. Isso a 24 fps. Só o upload foram 56 minutos.

No PC, outro problema: nenhum dos editores comuns que uso, como o Windows Movie Maker aceita como entrada arquivos em 4K. Converter então nem pensar, tanto o Freemake quanto o Handbrake abriram o bico.

4K é lindo, mas o custo/benefício não compensa. É uma resolução excelente para consumir mídia, mas a menos que você esteja fazendo Game of Thrones, produzir em 4K é penoso demais. Não faz sentido, se seu público assiste vlog no YouTube via celular. O mesmo via TV Full HD.

Se você for filmar a Luciana Vendramini faz sentido o 4K, mas convenhamos, você vai filmar gatos, gente cantando parabéns em boteco e seu vlog sobre jogos de tabuleiro. Full HD tá mais que bom. Ademais, quem faz streaming em 4K no Brasil? Cabe numa Kombi?

A corrida armamentista pelos megapixels migrou para os celulares, e isso é ruim. Não precisamos de mais resolução, precisamos de mais recursos, seja filmar em HDR, câmera lenta ou outros efeitos. Que a preocupação com 4K seja algo a cargo das gerações futuras, um dia, distante no horizonte ainda teremos software, hardware e armazenamento capazes de lidar com tanta informação.

Esse futuro distante, chuto, não passa de 2017, claro.

relacionados


Comentários