Home » Fotografia » Museus de todo o mundo declaram guerra ao pau de selfie

Museus de todo o mundo declaram guerra ao pau de selfie

Pau de selfie não é só mal visto por aqui: museus de diversas partes do planeta estão proibindo pessoas de usarem o acessório para tirarem fotos

5 anos atrás

selfie-stick

Boa parte de nossos leitores ainda torce o nariz de forma ferrenha para os paus de selfie, ainda que na minha opinião ele seja uma ferramenta útil apesar de um tanto ridícula (em todo caso fomos pioneiros pois já falamos disso lá atrás, em 2013). E nem falo isso devido ao fato do preço da versão oficial homologada pela Anatel recentemente.

Independente de quantos fãs a vara extensora tenha pelo mundo, em alguns lugares ela não entra e não tem conversa, como é o caso de diversos museus que estão restringindo seu uso.

Em Paris, guardas do Palácio de Versalhes estão dando ordens bem claras aos visitantes: enfiem o pau de selfie na bolsa (calma!). Embora não seja oficial, a administração já está preparando um banimento formal do acessório para as próximas semanas. O Centro Georges Pompidou caminha na mesma direção, assim como o Louvre: embora não tenha banido formalmente o pau de selfie, funcionários estão recomendando os transeuntes a não apontarem nenhum tipo de objeto para as obras de arte.

Na América do Norte o buraco é mais embaixo. O Smithsonian é o instituto mais recente a de fato banir o uso da vara solitária em suas dependências, seguindo atitude já tomada pelo Museu de Arte Moderna e o Metropolitan Museum of Art de Nova York, a Galeria Nacional de Arte de Washington, o Seattle Art Museum e o Museu de Arte Contemporânea de Chicago.

O motivo em todos os casos é legítimo: os responsáveis pelos museus estão preocupados com a profusão dos paus de selfie pra lá e para cá, o que na mão de pessoas desastradas pode levar a danos das obras de arte. Por mais que o acessório seja útil ninguém quer que ele acabe atingindo a Mona Lisa, por exemplo.

Nos últimos meses a venda de paus de selfie cresceu bastante em todo o mundo, já que as pessoas viram utilidade no acessório independente de quão ridículo pareça para alguns. Claro que a preocupação dos museus com a segurança das obras de arte é importante, então todo mundo vai ter que se enquadrar e tirar selfies com os quadros e esculturas à moda antiga.

Fonte: T.

relacionados


Comentários