Home » Games » GDC 2015 — Versão gratuita da Unity 5 promete esquentar o mercado de engines

GDC 2015 — Versão gratuita da Unity 5 promete esquentar o mercado de engines

Unity revela a nova versão da sua engine e promete esquentar a briga cm outras empresas ao anunciar uma versão gratuita e sem cobrança de royalties.

5 anos atrás

unity-5

Esta semana a Epic surpreendeu muita gente ao anunciar que a sua engine passaria a ser distribuída gratuitamente e para aqueles que esperavam uma resposta por parte da Unity, ela não demorou a ser dada e principalmente, mostrou que a disputa pela preferência dos desenvolvedores deverá ficar bastante interessante.

Durante uma apresentação na Game Developers Conference, que está acontecendo esta semana, a empresa revelou a Unity 5, nova versão da sua engine 3D e a boa notícia para quem quiser conhecer a ferramenta ou que esteja entrando para o ramo de desenvolvimento de games é que ela também terá uma versão gratuita.

Conhecida como Personal Edition, esta versão da engine terá todos os recursos da paga e é indicada para educadores e desenvolvedores cujo faturamento ficará abaixo de US$ 100.000. Neste caso não será preciso pagar um centavo para a Unity, nem mesmo royalties, como é cobrado pela Unreal Engine 4, fazendo desta uma ótima opção para, por exemplo, quem pretende disponibilizar suas criações gratuitamente.

Já para os que esperam faturar acima deste valor, haverá a opção de pagar uma mensalidade de US$ 75 ou adquirir uma licença de US$ 1.500, sendo que em ambos os casos não teremos a cobrança de uma porcentagem em cima das vendas, reforçando esta como uma ótima alternativa ao produto da Epic.

Quando dizemos que é grátis, é grátis. Quando dizemos que é US$ 75 por mês, é US$ 75 por mês. Sim, você poderá comprar outras coisas da gente. Não somos mágicos de um truque só, mas não cobraremos royalties, o que penso ser uma maneira de procurar ‘baleias’,” declarou John Riccitiello, agora CEO da Unity, ao criticar a Epic Games e fazendo referência aos jogadores de games free-to-play que gastam muito dinheiro e que acabam “pagando” por aqueles que não gastam nada.

Embora ainda pareça longe de todo o esplendor visual de uma Unreal Engine ou de uma CryEngine, as demos exibidas durante a apresentação mostram que a Unity 5 deu um salto de qualidade significativo em relação a sua antecessora e como este kit de desenvolvimento costuma ser mais utilizado por estúdios menores, é muito bom saber que eles poderão entregar títulos muito mais bonitos, ganhando melhorias em efeitos de iluminação, física e animações.

Unity 5 - The Blacksmith - GDC 2015

Unity 5 Highlight Reel GDC 2015

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários