Home » Games » PC » GDC 2015 — nVidia anuncia um novo Shield, console Android TV capaz de rodar jogos em 4K

GDC 2015 — nVidia anuncia um novo Shield, console Android TV capaz de rodar jogos em 4K

nVidia lança na GDC 2015 o novo Shield, console Android TV dedicado a jogos em 4K. A empresa também anuncia o nVidia Grid, serviço de streaming e cloud gaming.

5 anos atrás

A camaleão verde de Santa Clara entra oficialmente no mercado de consoles dedicados a jogos. Ou algo muito próximo disso.

Durante a GDC 2015, o CEO Jen-Hsun Huang anunciou o nVidia Shield, um dispositivo Android TV muito bonitão feito de alumínio.

Laguna_nVidia_Shield_joystick

O nVidia Shield é capaz de renderizar imagens e exibir vídeos em 4K, consumindo no máximo 20 Wh. Para conseguir isso, no console Shield teremos um Tegra X1 cuja GPU é capaz de processar 512 gigaflop/s (um terço da GPU do PS4 ou mais que o dobro da do velho Xbox 360) e o SoC como um todo vem acompanhado de 3 GB de memória principal (RAM).

Laguna_nVidia_Shield_console_specs_xbox_360

Para um Android TV são especificações ótimas, mas como as traduzimos em games?

A Gearbox Software demonstrou no console da nVidia o Borderlands: The Pre-Sequel com gráficos muito próximos do que temos num PC. Idem para a id Software e seu Doom 3 BFG Edition. Já é melhor que o Nintendo Wii U.

Ah, vamos à dúvida principal de todo jogador do PC: o novo Shield roda Crysis?

Laguna_nVidia_Shield_can_run_Crysis_3

Roda sim, a Crytek demonstrou uma versão do Crysis 3 rodando de boa no Tegra X1.

E a Shield Store terá mais de 50 jogos disponíveis no lançamento, por download. Todos rodando diretamente no console digno de constar na 8ª geração.

Laguna_nVidia_Shield_price

Tudo isso por apenas 199 dólares, num pacote que inclui o mesmo joystick do Shield Tablet e o novo controle remoto que lembra bastante o do Fire TV, o Shield Remote. Lançamento em maio, por enquanto somente nos Estados Unidos.

Laguna_Jen-Hsun_Huang_Shield_console

nVidia Grid Store

Jen Hsun-Huang também anunciou o nVidia Grid, um serviço de games por streaming. Este promete funcionar num piscar de olhos, mantendo resolução 1080p a 60 frames por segundo.

Laguna_nVidia_Grid_Store_streaming_1080p

A ideia é disponibilizar na Grid Store lançamentos AAA no primeiro dia, sem que os jogadores precisem fazer o download dos jogos em si. Você compra o jogo pelos habituais 60 dólares (ou menos) e imediatamente já pode jogá-lo por streaming. Bom lembrar que estamos falando de títulos AAA que já estão disponíveis ou aparecerão também no Xbox One e PS4.

O próprio CEO da nVidia elogiou as vendas de Dying Light mas “comprou” na apresentação uma cópia de Resident Evil Revelations 2 na Grid Store e já começou a jogar, acompanhado do diretor do jogo da Capcom, Michiteru Okabe.

Laguna_nVidia_Grid_games

Outro japa que apareceu na conferência foi Kenichiro Imaizumi, da Konami, para demonstrar o Metal Gear Solid V: Ground Zeroes via streaming e ele prometeu o Metal Gear Rising: Revengeance para ambas as lojas.


nVidia Shield — Made to Game

Com as plataformas Shield e Grid, a nVidia tem o mérito de trazer várias das principais editoras, convencendo-as a desenvolverem versões Android de seus mais recentes jogos hardcore.

O problema que o tio Laguna vê é o preço deles na Grid Store: você pagaria US$ 60 para jogar apenas via streaming um único título AAA no lançamento? Não seria melhor pagar por uma assinatura, como um Netflix dos games?

Supondo que alguém no Brasil compre lá na civilização um console nVidia Shield, não seria melhor comprar um Xbox One ou um PlayStation 4 no lugar?

Laguna_nVidia_Shield_fundo_branco

Lembra o Master System, né? (crédito: Engadget)

Uma coisa é poder comprar um jogo na Shield Store e fazer o download, outra coisa é tentar o streaming Full HD do nVidia Grid e pagar caro por latência alta, já que os servidores Grid não estariam disponíveis aqui no mato de imediato. Também vemos aqui que este é o primeiro console sério a abolir mídia física para os jogos, então não dá para justificar muito quaisquer preços abusivos nas lojas digitais.

Se a nVidia puder conseguir uns preços melhores por aqui (R$ 99 por jogo AAA no lançamento e não muito mais que R$ 800 no console em si), talvez esse Shield represente uma boa ameaça ao XBO e PS4 no Brasil.

Leia também:

relacionados


Comentários