Home » Internet » Seguindo o Vine, agora o Instagram também contará com vídeos em loop

Seguindo o Vine, agora o Instagram também contará com vídeos em loop

A exemplo do Vine, ao darmos play em um vídeo do Instagram ele tocará repetidamente, em loop. Só que ao contrário do serviço do Vine, o Instagram ainda não exibe a quantidade de loops.

5 anos atrás

Este é que é o tal do Super Bowl? Muito interessante (crédito: Mia Khalifa)

O bendito GIF foi a primeira forma “padrão” de compartilhar vídeos curtos na internet. Alguns milhares de anos depois surgiu o Vine e o Instagram veio atrás, popularizando o MP4 como um formato substituto ao GIF na rede.

Colocar vídeos curtos no lugar de imagens paradas tem lá seu custo de hospedagem. Para compensar, a publicidade utilizando tais vídeos vem crescendo, ao ponto de o Vine considerar o número de cada uma das reproduções automáticas do vídeo após darmos o play (aka loop) como mais uma métrica a ser utilizada para medir sua popularidade.

Se na era do GIF eles viviam em loop e ninguém tinha a menor preocupação em contá-los, hoje o serviço rival do Vine tem que correr atrás para também monetizar isso.

Laguna_Instagram_iPad

Ainda não existe Instagram para tablets, mas tenho ele no iPad assim mesmo

Através da mais recente atualização (6.5.0), o app Instagram no iOS (não sei se os usuários Android já têm isso) vai permitir que você veja repetidamente os vídeos de quem você segue. Ao apertar play, o vídeo de até 15 segundos vai rodar em loop indefinidamente, lembrando um velho e bom GIF mas com um consumo de dados bem menor.

Vai embora de vez o botão pause, entrando no lugar apenas o botão mute para ligar ou desligar o áudio do vídeo que estiver rodando na timeline. Por enquanto, o número de loops dos vídeos no Instagram não são públicos como no Vine.

Desde outubro, apenas os vídeos de propaganda no Instagram já contavam com o recurso, independente da plataforma. Que o diga o vídeo bonitinho do Big Hero 6:

Dono do Instagram desde 2012, o Facebook já contava no ano passado com vídeos de propaganda em autoplay. A métrica (pública) utilizada por lá é apenas o número de visualizações, já que a maioria deles ainda não rodam em loop. E também por serem mais longos, tentando disputar contra o YouTube.

O tio Laguna acredita que seja apenas uma questão de tempo para que tanto o Instagram quanto o Facebook comecem a medir cada loop feito pelos vídeos curtos. Money talks!

Fonte: Engadget.

Leia também:

relacionados


Comentários