Home » Hardware e periféricos » Raspberry Pi 2 terá suporte ao Windows 10, e de graça!

Raspberry Pi 2 terá suporte ao Windows 10, e de graça!

Raspberry Pi 2 recebe mega update: melhor processador, o dobro de memória RAM e contará com versão free do Windows 10, tudo isso pelos mesmos 35 dólares

4 anos e meio atrás

raspberry-pi-2

O Raspberry Pi, o diminuto computador de baixo custo ganhou mais um upgrade. O hardware que seu se tornou o xodó dos hackers e profissionais de educação ganhou uma versão levemente modificada, mas agora ele chega à segunda geração com novidades pra lá de interessantes, incluindo suporte gratuito ao Windows 10.

De acordo com o CEO da startup e criador do Raspberry Pi Eben Upton, 100.000 unidades estão disponíveis para o público desde ontem e mais importante, pelo mesmo valor: o preço foi mantido em US$ 35, embora os upgrades que ele tenha recebido são de respeito: o chipset agora é um Broadcom BCM2836, o processador é um ARM Cortex-A7 com clock de 900 MHz (contra 700 MHz da geração anterior), a GPU é uma Broadcom VideoCore IV de 250 MHz, com OpenGL ES 2.0 e suporte a 1080p e a RAM saltou de 512 MB para 1 GB (compartilhada com a GPU).

De resto tudo igual ao modelo B+: o armazenamento de dados ainda é realizado através de cartões micro-SD, quatro portas USB 2.0 e porta GPIO de 40 pinos, contra a de 26 do modelo original. A startup garante que o upgrade elevou a performance do Raspberry Pi 2 em até seis vezes, o que é excelente para desenvolvedores que trabalham com a Internet das Coisas e profissionais de educação, que adotam o PCzinho em massa (o Kit Kano é um bom exemplo), sem falar nos projetos mirabolantes da comunidade (aqui e aqui), só para citar dois.

Para esses, uma novidade para lá de interessante: a Microsoft abraçou o projeto e não só o Windows 10 dará pleno suporte ao Raspberry Pi 2, como ele contará com uma versão dedicada gratuita. Faz sentido, Redmond está promovendo seu novo SO como uma solução que vai integrar tudo, desde seu desktop e seu Windows Phone até seu Xbox One, e consequentemente a Internet das Coisas não ficará de fora.

A Microsoft, que não é boba percebeu o valor do Raspberry Pi não só no cenário de IoT, mas para o aprendizado em geral. Custando pouco, ele é uma ferramenta ideal para ensinar programação às crianças e agora, com suporte gratuito ao Windows a empresa garante sua presença em diversos laboratórios das escolas, aproximando os pequenos de suas soluções desde cedo.

A Microsoft pretende disponibilizar o Windows 10 para Raspberry Pi 2 através de seu programa de desenvolvimento para a Internet das Coisas, porém mais detalhes serão dados somente nos próximos meses. Se não aguenta esperar para ter seu PCzinho, você já pode encomendar o seu por aqui.

relacionados


Comentários