Home » Hardware e periféricos » Momento Facepalm: um detector… de fantasmas

Momento Facepalm: um detector… de fantasmas

Normalmente não é legal divulgar picaretagem, mas nesse caso rola uma certa satisfação saber que alguém ignorou os avisos e jogou dinheiro fora na bobagem. Afinal não é todo dia que você pode desperdiçar sua mesada com um… detector de fantasmas!

5 anos atrás

supernatural5_shot22l

Vou contar um segredo: apesar da Record e do SyFy dizerem o contrário, fantasmas não existem. Todas as histórias, aparições e eventos misteriosos se dividem entre gente que quer acreditar e gente que quer que os outros acreditem, para faturar uma grana. Aí entram técnicas de leitura a frio ou mesmo fraude.

Um dos casos mais clássicos foi o de Houdini, que antes de morrer combinou com a esposa uma frase-código para se identificar caso houvesse vida após a morte. Vários mentalistas tentaram e fracassaram se comunicar com ele, até que um tal de Arthur Ford foi bem-sucedido. Estava provado o Paranormal? Não. Ford seduziu a viúva alcoólatra e deprimida, Sir Arthur Conan Doyle ajudou explicando que era importante mostrar que o mundo espiritual era real, e ela acabou dando. A frase-código pra Ford. 

Outro exemplo clássico são os médiuns que recebem espíritos poliglotas, pois todos falam português. Alguns até escrevem textos curtos em suas línguas natais, mas estranhamente nunca conseguem ler textos nelas. Claro, a mais divertida é aquela bobagem de tabuleiro Ouija, que misteriosamente cessa de funcionar se você vendar os participantes.

Mesmo assim as pessoas querem acreditar, e quem somos nós para impedir que essa gente e seu dinheiro se separem mais rápido que jogador de futebol perto do carnaval?

Por isso, sem mais delongas, com vocês… o PKE Meter:

102540cb4d6c1141cdd3673e9e47df46e278ee80

Hummm ops, não, desculpe, imagem errada. É isto aqui:

vertical

Recorte porco, eu sei, mas pra esse lixo tá bom.

Bonito é, eu admito.

Esse troço, anunciado por uma tal GhostArk, é um… detector de fantasmas. Em teoria ele monitora todas aquelas emissões eletromagnéticas e dados ambientais que os fantasmas convenientemente alteram, mesmo não trabalhando com as mesmas Leis da Física.

O brinquedo monitora rádios AM/FM/OC, atrás de manifestações em estática, tem dois microfones de alta sensibilidade para os buuuuus, gemidos e barulhos de correntes arrastando, tem um medidor de campo eletromagnético, pois como todos sabemos fantasmas respeitam as Leis de Maxwell, e um termômetro, afinal de contas todo mundo que assiste Supernatural sabe que queda de temperatura indica fantasmas. Não janelas abertas.

Ah, ele tem um gerador de ruído branco, para “fortalecer” os espíritos, que pelo visto se alimentam de rádios fora do ar.

Isso tudo pode ser seu um dia, quando o negócio ficar pronto, mas se você quiser mesmo se livrar do excesso de dinheiro pesando no bolso, pode “investir” US$ 199,00. Se você acredita em fantasmas provavelmente acredita que um dia vão terminar o projeto…

De resto, se você ainda acha que isso é uma boa idéia, este é o CEO da empresa que está prometendo construir o brinquedo:

1422029915330988

Fonte: MB.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários