Home » Internet » Conheça os recursos do novo navegador da Microsoft

Conheça os recursos do novo navegador da Microsoft

Surgem novas informações do Spartan, o navegador que a Microsoft estaria preparando para substituir o Internet Explorer como o padrão do Windows 10

5 anos atrás

ie-spartan

Embora as impressões iniciais apontem que o Project Spartan, o suposto novo navegador da Microsoft que será introduzido no Windows 10 não seja completamente diferente em relação ao Internet Explorer, novas informações conseguidas junto a fontes próximas a Redmond mostram que a companhia está ao menos se empenhando em introduzir recursos que seus concorrentes não possuem.

Até onde se sabe o Spartan usará ferramentas já presentes no Internet Explorer, como Chackra e Trident; isso significa que estruturalmente ele não será tão diferente assim. O segredo estaria portanto em como ele se comporta: um recurso seria a possibilidade de fazer anotações no navegador (com o teclado ou uma stylus) e através da integração com o OneDrive, mandá-las para a nuvem imediatamente. Dessa forma o conteúdo pode ser aberto em qualquer dispositivo e em outros navegadores tranquilamente. Segundo fontes a Microsoft também prevê um uso colaborativo, permitindo que vários usuários criem suas notas em um determinado conteúdo da net e as compartilhem entre si.

A Microsoft também está preparando uma forma mais clara de organização das abas do navegador. Hoje, quando você abe uma nova aba a partir de outra anterior, ambas assumem a mesma cor para indicar que são relacionadas. Como o feature não foi introduzido de uma forma muito clara, muita gente não faz ideia da utilidade das abas coloridas. O que Redmond pretende é facilitas a forma com que o usuário gerencia suas abas, tornando por exemplo mais fácil separar as de trabalho as com assuntos pessoais, por exemplo.

Porém o feature mais interessante é até um tanto óbvio, pois todos sabemos do esforço da Microsoft em fazer da Cortana a assistente pessoal de tudo relativo à companhia. Com o Spartan não seria diferente: ela não só aceitará comandos de voz, mas contextualizará as buscas. Por exemplo, se estiver buscando por passagens aéreas de uma determinada companhia, Cortana poderá mostrar informações de voos em tempo real, bem como será capaz de buscar detalhes sobre destinos, hotéis, rastreio de bagagem, tudo através da barra de pesquisa.

Resumindo a história, Cortana está sendo planejada para se tornar a ferramenta padrão de busca não só do Spartan como de todo o ecossistema Windows, composto do SO para desktop, Windows Phone, Windows RT e Xbox One. O Bing seria jogado para os bastidores, se tornando a base de dados que alimentará a assistente, que espera-se controlará todo o park de dispositivos Windows do usuário como uma grande rede (ao menos essa é a ideia).

A Microsoft planeja fazer do Spartan um app que será distribuído pela loja do Windows, de modo que os updates serão constantes e automáticos. Por questões de legado o Windows 10 ainda viria com p IE11, mas a intenção é que ele seja cada vez menos utilizado, ficando seu uso restrito apenas para questões de compatibilidade. Claro, há a possibilidade de que a Microsoft mate o navegador antigo e chame o Spartan (cujo nome é um código interno) de Internet Explorer, mas particularmente não acredito nisso: a marca já está deveras desgastada e é preferível trabalhar com um novo nome a insistir em um que está associado a um browser que muita gente detesta.

Fonte: TV.

relacionados


Comentários