Home » Hardware e periféricos » nVidia Tegra K1 fará parte do Project Ara

nVidia Tegra K1 fará parte do Project Ara

Google reafirma parceria com a nVidia: além do Nexus 9 Tegra K1 estará também entre os componentes opcionais do Project Ara, o smartphone modular

5 anos atrás

project-ara

O Google está bem empolgado com o Project Ara, o seu smartphone modular que vai permitir ao usuário conceber seus próprios aparelhos, com os componentes que desejarem incluir. A ideia é fornecer um hardware barato e de qualidade, que o consumidor possa customizar de acordo com seus gostos e poder aquisitivo ao invés de adquiri uma solução completa.

O grande porém é que ainda não vimos um aparelho funcionando corretamente, entretanto a divisão ATAP garante que irá cumprir o deadline, lançando o Ara em janeiro. Agora começam a aparecer as fabricantes parceiras que irão fornecer componentes, e uma delas é a nVidia.

Mountain View pelo visto gostou do resultado do Nexus 9, o tablet da HTC com Android puro que é equipado com o Tegra K1, a atual geração de processadores da nVidia e que representa uma evolução considerável em performance e consumo de energia (o Laguna que o diga). Isso posto o Google anunciou ontem que o K1 também estará entre os componentes do Project Ara, mostrando que a ideia inicial de introduzir somente SoCs baratos era ao menos um tanto conservadora: a Rockchip, conhecida por fabricar chips de baixo custo e de boa performance era até então a única parceria mencionada em processadores.

A Marvell é a outra fabricante de processadores que também desenvolverá para o Ara, disponibilizando uma versão do PXA1928, um quad-core de entrada de 64 bits. Ambos, assim com o a chip da Rockchip a ponte UniPro compatível que a Toshiba está desenvolvendo para manter a performance.

Mountain View tem uma conferência sobre o Project Ara agendada para janeiro, onde acredita-se que será dado o pontapé inicial do smartphone modular. Entretanto ainda acredito que demorará um pouquinho para pormos as mãos em um destes aparelhinhos e ver se o Google ATAP mandou bem.

Fonte: G+.

relacionados


Comentários