Home » Mercado » Apple Brasil começa a vender os novos iPads por aquele precinho especial

Apple Brasil começa a vender os novos iPads por aquele precinho especial

Começa a venda oficial no Brasil dos novos iPad Air 2 e iPad mini 3. Os preços são desanimadores, mas menos caros que os do iPhone 6 (e 6 Plus). Apple aproveita para aumentar o preço dos MacBooks e iPods no país.

5 anos atrás

Laguna_iPad_Air_2

Números grandes, preços idem (Crédito: Apple Brasil)

Novas ideias estão no ar. E novos preços, também. Após o comércio do país lucrar horrores com a Black Friday e a Cyber Monday, esta terça-feira sangrenta veio com uma Maçã querendo lucrar muito com os clientes brasileiros.

Após nos presentear com aqueles precinhos camaradas nos novos iPhone 6 e iPhone 6 Plus, chegou a vez dos tablets: os novos iPad Air 2 e iPad mini 3 já estão disponíveis na loja online brasileira para venda e os valores são altos, mas até simpáticos comparados aos preços tupiniquins dos smartphones da Maçã. Agradeçam aos incentivos fiscais concedidos aos aparelhos fabricados no Brasil, categoria na qual os iPhones 6 e 6 Plus ainda não se enquadram.

Laguna_iPad_2014_Brazil_pricing

Preços da lojinha da Maçã no Brasil (Crédito: Apple)

O iPad Air 2 possui faixa de preço que vai de R$ 2.079 para o modelo básico com 16 GB e somente Wi-Fi (custa US$ 499 via muamba) a até R$ 3.449, preço brasileiro correspondente ao modelo de 128 GB com conectividade LTE (829 dólares). Interessante notar que entre a versão com 64 GB e a versão com 128 GB há um intervalo de 600 reais, o dobro daquele visto entre os 16 e 64 GB.

Enquanto isso, o iPad mini 3 começa em 1.729 reais (só Wi-Fi, com 16 GB) e termina em R$ 2.999 (Wi-Fi + LTE, com 128 GB), com intervalos de 300 reais, exceto nos modelos de 128 GB, onde há um abismo de 670 reais (ou US$ 130 da Apple US) entre a versão somente Wi-Fi e a com LTE do pequeno tablet da Maçã. Um detalhe curioso da conversão do dólar Apple: a diferença de 100 dólares entre o iPad Air 2 e o iPad mini 3 mais caros converteu-se em 450 reais.

Para compensar os precinhos amigáveis dos novos tablets e talvez prevendo dólar a três reais (estamos no momento próximos a R$ 2,60 / US$ 1), a Apple Brasil aumentou o preço dos MacBooks e iPods (Shuffle, Nano e Touch). Novos, velhos, tudo aumentou.

O pessoal do MacMagazine fez uma tabela de preços e constatou aumentos entre 12,3% (MacBook Pro de 15 polegadas, que agora sai a R$ 14.599) a até 18,9% (o velho iPod Touch de 64 GB, por módicos R$ 1.699), chegando a 20,8% no estranho caso do MacBook Pro de 13 polegadas sem tela retina (R$ 6.399).

Laguna_SarcMark

Talvez o tio Laguna compre uns dois ou três de cada.

relacionados


Comentários