EUA suspeitam que a Melhor Coréia teria hackeado a Sony

grandelider

“E agora vamos ver esse tal de John Carter enquanto Prometheus termina de baixar!”

É normal que filmes recém-lançados ou em vias de chegar ao mercado sejam pirateados. Mais raro é o filme chegar na locadora do Paulo Coelho antes do lançamento. Foi o que aconteceu com vários títulos da Sony, em um ataque bem diferente da pirataria moleque, da pirataria de várzea.

Semana passada os computadores da empresa foram invadidos, com direito a caveirinha na tela, no melhor estilo hacker de filme. Um grupo chamado GOP — Guardians of Peace ameaçou divulgar informações Top Secret da empresa, e ao mesmo tempo várias cópias de avaliação de filmes que nem foram lançados apareceram nos torrents da vida. 

Fury, o (aparentemente) excelente filme de guerra com Brad Pitt foi baixado mais de um milhão de vezes.

Agora o FBI está desconfiando que isso tudo tenha a ver com The Interview, filme com Seth Rogen e James Franco onde dois jornalistas questionáveis são contratados pela CIA para matar o Grande Líder da Melhor Coréia.

Aparentemente Pyongyang não ficou feliz com o filme, que segundo Kim Myong-chol, diretor-executivo do Centro de Paz Coréia do Norte — EUA, é um “ato de desespero”.

É compreensível, eu também ficaria furioso se meu nome estivesse envolvido em um filme com James Franco e Seth Rogen.

O ataque seria então um ato de retaliação contra a Sony Pictures, ou mais precisamente uma agressão generalizada contra todo o mundo ocidental, ao disponibilizar o tal filme ao alcance de todos.

Para a Sony é lucro. O grosso da audiência ainda está na bilheteria do cinema, e todo mundo vai querer ver o filme que irritou Kim Jong-un.

Curioso como mesmo um maníaco como Saddam Hussein conseguia manter a dignidade do cargo de Presidente, e não saía reclamando quando alguma comédia idiota dos Anos 90 fazia piada com sua imagem…

Fonte: NBC.

Leia também:

Relacionados: , , , ,

Autor: Carlos Cardoso

Entusiasta de tecnologia, tiete de Sagan e Clarke, micreiro, hobbysta de eletrônica pré-pic, analista de sistemas e contínuo high-tech. Cardoso escreve sobre informática desde antes da Internet, tendo publicado mais de 10 livros cobrindo de PDAs e Flash até Linux. Divide seu tempo entre escrever para o MeioBIt e promover seus últimos best-sellers O Buraco da Beatriz, Calcinhas no Espaço e Do Tempo Em Que A Pipa do Vovô Subia.

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto Frio Peças, Cupom de desconto Mundo da Carabina, Cupom de desconto JBL, Cupom de desconto Costa Cruzeiros, Cupom de desconto Loja do Mecânico, Cupom de desconto Staples