Home » Games » Games para PC » Crossing Souls, um jogo para quem cresceu na década de 80

Crossing Souls, um jogo para quem cresceu na década de 80

Ambientado em 1986 e tendo recebido uma forte influência de filmes e desenhos da época, Crossing Souls é um jogo promissor que deverá agradar todos que cresceram na década de 80.

5 anos e meio atrás

crossing-souls

O Kickstarter tem sido o berço de vários games interessantes, mas entre os muitos projetos que buscam financiamento coletivo por lá, infelizmente existem alguns com enorme potencial que infelizmente não conseguem atingir o valor necessário. O jogo Crossing Souls poderia ser um desses casos, mas isso não deverá acontecer.

Idealizado pelos espanhóis da Fourattic, o jogo está tentando conseguir US$ 45 mil para ser produzido, mas enxergando potencial no título, a Devolver Digital afirmou que irá publicá-lo, cuidando de toda a parte de divulgação e deixando que a desenvolvedora mantenha sua liberdade criativa ao tentar o crowdfunding. Porém, caso eles não obtenham sucesso, a editora bancará a criação.

Descrito como um jogo de “ação-aventura com toques de RPGs”, o título contará a história de cinco amigos que encontram uma pedra mágica que lhes permite cruzar a fronteira entre a vida e a morte. Por se passar na Califórnia de 1986, deveremos ter muitas referência à época, e de acordo com os criadores, filmes como De Volta para o FuturoMulher Nota Mil e O Garoto do Futuro foram algumas das influência para o game, sem falar nos desenhos que marcaram a década.

Nossa prioridade era preparar e lançar uma campanha no Kickstarter para, primeiro, criar uma comunidade em torno dela, e segundo, ter uma ideia da viabilidade do projeto,” declarou um representante da Fourattic. “Essa comunidade é aquela que nos ajudará a criar o jogo com a perfeita sensação dos anos 80 que estamos buscando.

Como o dinheiro não parece ser o problema para o projeto, essa interatividade com os jogadores deverá ser o grande legado deixado pela campanha de financiamento coletivo e o interesse demonstrado pela Devolver Digital provavelmente jogará um ar de seriedade à produção.

Um estilo visual bem interessante, uma jogabilidade no estilo daquela que vimos em séries como The Legend of Zelda, uma temática com grande potencial e uma enorme dose de nostalgia. Crossing Souls tem tudo para ser um ótimo jogo, mas infelizmente teremos que esperar até março de 2016 para colocar as mãos nele. Só espero que valha a pena.

relacionados


Comentários