Home » Meio Bit » Google » Google não quer que Android TV vire a Casa da Mãe Joana

Google não quer que Android TV vire a Casa da Mãe Joana

Google será mais criterioso com o Android TV: aplicativos passarão por testes de qualidade para evitar que devs disponibilizem apps ruins ou maliciosos

4 anos atrás

android-tv

O Google nunca foi muito organizado quando o assunto é autorização de apps para Android. É fato notório que diferente do que acontece com o iOS, os desenvolvedores não sofrem muitas restrições e acabam subindo qualquer coisa para a Play Store; por isso não são raras as vezes em que apps maliciosos acabam indo parar nos smartphones, mesmo tendo sido instalados pela lojinha de Mountain View.

Só que com o Android TV as coisas serão diferentes: os apps passarão por um processo mais criterioso e só então serão liberados para download.

A culpa dessa situação é do próprio Google. Sundar Pichai já disse em uma entrevista anterior que a filosofia por trás do Android é que ele fosse um sistema livre no sentido de mais aberto a desenvolvedores disponibilizarem quase qualquer app que quiserem, e portanto não poderia ser seguro. Isso não é uma desculpa válida, pois significa que a plataforma não dá a mínima para a segurança dos dados de seus usuários e não pretende fazer nada para mudar isso (e isso acaba favorecendo apps de segurança, que fazem o trabalho que deveria ser do Android).

Com a plataforma Android TV isso não vai acontecer. Na página de suporte sobre como distribuir aplicações, o Google avisa que cada programa “é testado acerca da utilização com controle direcional (apps em geral) ou com um Gamepad (jogos)”, além de realizar outros testes de qualidade.

O motivo é simples: o Android TV não é uma plataforma pessoal, e por isso é preciso cumprir certos critérios de avaliação para não permitir que apps indevidos acabem na sala de estar da família, o que poderia levar a alguns problemas. E obviamente, isso melhora a experiência de uso como um todo.

O Google entendeu que controle é essencial nessa situação pois um usuário que gasta um alto valor num game não vai voltar a fazê-lo se descobrir um produto todo bugado e inútil. A única coisa que eu queria é que essa preocupação com o Android TV fosse também estendida à plataforma mobile, para limar as toneladas de apps maliciosos da lojinha.

Fonte: CoA.

relacionados


Comentários