Home » Games » Indústria » Para Double Fine, Metacritic tornou-se irrelevante

Para Double Fine, Metacritic tornou-se irrelevante

Executivo da Double Fine afirma que o Metacritic deixoud e ajudar as empresas a aumentarem suas vendas e listou o que tem ajudado ou não os jogos a obterem melhores resultados comerciais.

5 anos atrás

metacritic

Há vários anos o Metacritic é encarado como uma ferramenta importante para a venda de jogo, pois de acordo com alguns executivos, conseguir uma boa média no agregador de notas pode fazer com que um título tenha um desempenho comercial muito melhor.

Porém, durante uma palestra realizada no International Game Summit que aconteceu esta semana em Montreal, o COO da Double Fine afirmou que isso não está mais acontecendo e o mesmo vale para a imprensa que cobre a mídia.

Não há necessidade de ficarmos obcecados pelo Metacritic,” declarou Justin Bailey. “Nós basicamente vimos o Metacritic se tornar obsoleto… Ficamos obcecados por ele, outras desenvolvedoras ficaram obcecadas por ele, a imprensa ficou obcecada por ele. Mas ele realmente não importar tanto para as vendas do jogo.

Acho que quem olha para a imprensa de games na maioria são as outras desenvolvedoras e ela é importante para outras desenvolvedoras. Eu apenas não tenho certeza sobre quantos jogadores vão até a imprensa. Parece que eles estão sendo desviados para os vídeos Let’s Play e outros caminhos. Eles vão a sites de reviews como porta de entrada para encontrar seus reviews.

Durante o discurso o executivo listou vários aspectos que o estúdio percebeu que tem ou não impacto nas vendas e em relação aos que funcionam, ele citou os vídeo com gameplay, os finais de semanas gratuitos no Steam e as promoções com outras desenvolvedoras independentes. Já em se tratando das iniciativas que não costumam dar bons resultados, foram mencionadas as promoções diárias que dão aplicativos para dispositivos móveis, programas de trocas e o Metacritic.

Também é interessante mencionar a opinião de Bailey em relação aos bundles que trazem jogos de diversas empresas, pois embora eles normalmente representem uma boa fonte de renda a curto prazo, seria bom se as desenvolvedoras esperassem pelo menos dois anos desde o lançamento para incluir seus jogos neles, pois caso contrário isso pode acostumar mal os consumidores.

Quanto ao Metacritic, acho que nunca comprei um jogo baseando-me apenas na média que ele recebeu por lá, mas admito que o site costuma ser um bom ponto de partida para análises que serviram para me dar uma melhor noção do que esperar. A minha dúvida é: boas notas não ajudam nas vendas, mas e o contrário? Será que um jogo mal avaliado no Metacritic não sente o impacto disso? Pois eu tenho quase certeza que sim.

Fonte: Lazygamer.

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários