Home » Hardware e periféricos » Não foi dessa vez que o Android matou o cartão SD

Não foi dessa vez que o Android matou o cartão SD

Google vai reintroduzir funcionalidades no Android para o cartão SD; novas APIs darão a desenvolvedores acesso total ao periférico com suas aplicações

5 anos atrás

android-5-0-lollipop

O Google não curte cartões de expansão SD, isso é um fato. Desde o Nexus S a companhia limou a entrada de cartão para que o usuário expandisse seu espaço de armazenamento em seus aparelhos com Android puro (o Nexus One foi o único a contar com entrada de Micro-SD), assim como com o tempo foi limando cada vez mais funcionalidades e dificultando o trabalho de desenvolvedores, de modo que eles sempre priorizem o armazenamento Flassh para qualquer coisa.

Esse é o cenário ideal, cartões tendem a se deteriorar, dar erro e instalar apps neles não é uma boa ideia. Só que às vezes fabricantes aprontam das suas (como a Samsung, duas vezes), limitando a oferta de espaço interno. Os cartões são uma alternativa querendo ou não, e agora Mountain View está voltando atrás e vai adicionar novas funcionalidades no Android 5.0 Lollipop.

A bem da verdade esse movimento foi posto em prática já na versão 4.4 KitKat, mas admitiu que as mudanças não foram suficientes para tornar os cartões plenamente funcionais. Assim sendo, em breve desenvolvedores poderão ter acesso total a diretórios e arquivos no cartão graças a novas APIs que serão introduzidas em breve. Os apps também serão capazes de criar diretórios, tornando os periféricos verdadeiras extensões do armazenamento local. Claro, o usuário terá que autorizar o acesso manualmente, mas só precisará fazê-lo uma vez por aplicação. A partir daí a operação passa a ser invisível.

Caberão aos desenvolvedores Android balancear usabilidade e segurança, descobrindo como pode ser a melhor forma de utilizar os cartões sem comprometer os dados do usuário e nem a fluidez de suas aplicações. A decisão de fazer uso das APIs ficará a cargo de cada um, mas é bom saber que agora eles - e os usuários - terão opções.

Fonte: ADP.

relacionados


Comentários