Home » Ciência » Espaço » China foi dar um passeio na Lua. Outro.

China foi dar um passeio na Lua. Outro.

A China está abusando. Agora missões para a Lua estão virando praticamente rotina. Dessa vez esnobaram, mandaram uma sonda para lá e de volta, só para “testar umas paradas”. Melhor pra nós, pois eles conseguiram imagens lindas.

5 anos atrás

2841_343754_578464

Todo mundo acompanhou o pouso da sonda chinesa na Lua, o desembarque do robozinho Coelho de Jade e sua saga. Mesmo com sérios problemas, ele ainda está vivo, pelo menos é o que dá pra deduzir das notícias que a Chinasa de vez em quando solta.

Graças à China artefatos humanos voltaram a pousar na Lua depois de décadas.

Não contentes, os chineses estão almejando objetivos maiores. O próximo grande feito será uma missão que pousará na Lua, coletará amostras do solo e voltará para a Terra. A última vez que isso foi feito foi em 1976, com a sonda soviética Luna 24. O projeto chinês é que a Chang'e 5 cumpra essa missão em 2017, mas para isso precisam testar tecnologias. Esse foi o motivo da missão da Chang'e 5 T1, essa belezinha aqui:

China-Lunar-Sample-Program

Lançada no dia 23 de outubro, a missão durou 8 dias, usando a chamada Trajetória de Retorno Livre, onde você lança o foguete e ele vai só na banguela, é capturado pelo campo gravitacional da Lua, sofre um efeito estilingue e é catapultado em uma órbita que o mandará de volta pra Terra. É simples, qualquer datilógrafo sabe calcular essas coisas.

A missão de testes pretendia determinar se o equipamento chinês corresponderia à precisão dos cálculos necessários para a trajetória de retorno, e se a cápsula resistiria à reentrada, que acontece numa velocidade bem maior do que as cápsulas orbitais normais.

Foi um sucesso, a Chang'e 5 T1 pousou de acordo em um ponto da Mongólia, com precisão de 40 metros, foi localizada em menos de 5 minutos.

B1UQs5TIEAEd4nh.jpg-large-820x420

Tostadinho é mais gostoso

Como quem não quer nada, a China quebra mais um recorde. Foi a primeira vez em quase 40 anos que um objeto lançado da Terra foi até a Lua e voltou. Só que não fica só nisso. A Chang'e 5 T1 também tirou fotos, muitas fotos. Beijing, claro, liberou poucas, mas boas. A melhor, disparado é a abaixo, mostrando o que uma nação que acredita e investe em ciência e tecnologia consegue fazer.

Clique aqui para engrandalhecer.

Fonte: UT.

Leia mais sobre: , , , , .

relacionados


Comentários