Home » Destaques » Google Nexus 9, tablet com Android 5 Lolita agora é oficial

Google Nexus 9, tablet com Android 5 Lolita agora é oficial

Google finalmente anunciou o tão aguardado tablet com o puro Android 5.0 Lollipop: Nexus 9. Infelizmente não chega a ser novidade pois a nVidia vazou tal aparelho meses atrás, mas o Nexus 9 pode ser alternativa melhor aos novos iPads. E é bem mais barato!

5 anos atrás

Laguna_nVidia_Shield_tablet_1

Shield tablet, uma quinquilharia Android qualquer com Tegra K1 (Crédito: nVidia)

No mundo mobile, se há algo em comum entre a Intel e a nVidia é o fato de as duas empresas não conseguirem desenvolver GPUs mobile para smartphones.

Enquanto a Intel reconhece tal fraqueza e encomenda processadores gráficos mobile para quem realmente entende do assunto, a nVidia preferiu desistir do ramo por não conseguir entregar algo seja energeticamente eficiente para smartphones menores que 7 polegadas.

Mesmo sendo incompetente nos pequenos aparelhos, a camaleão verde de Santa Clara não seria maluca de não estar num ramo tão lucrativo como o de quinquilharias Android, preferindo se voltar a aparelhos esquisitos como Ouya e Shit Shield que ou não dependem de bateria ou esta possui carga elétrica suficiente para uma autonomia aceitável. E, claro, tablets. Como o Tegra 4 é um SoC honesto num preço modesto, a nVidia viu nele a possibilidade de recuperar o dinheiro do marketing na plataforma Tegra Note: a camaleão faz o tablet Android de referência e fabricantes como a Gradiente montam, se virando para vender e dar garantia local ao hardware.

Só que a nVidia queria mais que dinheiro: ela quer visibilidade numa plataforma cujo hardware é dominado (com toda a razão) por Samsung e Qualcomm. Como fazer isso? Estando presente no tablet mais aguardado pelos desenvolvedores e outros entusiastas Android, o Nexus 9.

Laguna_Nexus_9_oficial

Nexus 9, rodando Android 5.0 Lollipop (Crédito: Google)

As especificações do Nexus 9 já foram vazadas pela própria nVidia, em completo e total desrespeito aos parceiros Android, no caso o Google e a HTC (fabricante do hardware). Para quem não se recorda ou está sem saco pra buscar no Google (ó a ironia), aqui vai uma breve listinha:

  • tamanho: 153,68 × 228,25 × 7,95 mm;
  • peso: 425 g (Wi-Fi) ou 436 g (LTE);
  • LCD do tipo IPS com diagonal 8,9″ e protegido pelo Gorila Glass 3;
  • a mesma resolução QXGA (2048 × 1536) dos iPad Retina, proporção 4:3;
  • dois cliques na tela para ligar (a LG tá sabendo disso?);
  • processador central de 64 bits nVidia Denver (dual-core) rodando a 2,3 GHz;
  • processador gráfico Kepler de 192 núcleos CUDA nVidia (Tegra K1);
  • 2 GB de memória principal (RAM);
  • memória secundária de 16 ou 32 GB (armazenamento);
  • câmera traseira de 8 megapixels, com foco automático, flash LED e ƒ/2,4;
  • câmera frontal: 1,6 Mp e ƒ/2,4;
  • carga da bateria: 6.700 mAh;
  • conectividade: Wi-Fi 802.11ac 2×2 (MIMO), NFC, Bluetooth 4.1, e no caso da versão LTE do Nexus 9 some quad-band GSM, CDMA, penta-band HSPA e LTE;
  • dois alto-falantes frontais com a tecnologia BoomSoundTM da HTC;
  • conector micro-USB 2.0 (sério? até Samsung tem USB 3.0 à prova d'água);
  • sistema operacional no lançamento: Android 5.0 Lollipop.

↓  
Seja o que for que a Apple vai anunciar no evento hoje (spoiler: iPad 6 e iPad mini 3), um tablet Android puro sangue Google melhor que o Nexus 7 (tks Asus) e rodando logo de cara o Android Lolita a 64 bits merece toda a minha consideração.

Até porque, além de estender o suporte a aparelhos mais antigos como o Nexus 4, o Google vai vender um tablet topo de linha mais barato que o iPad mini Retina: a versão 16 GB do Nexus 9 será vendida por 399 dólares, enquanto o com 32 GB custará US$ 479. Ambos estarão em pre-venda amanhã, 17 de outubro, e o lançamento deles será dia 3 de novembro. Já a versão LTE do Nexus 9 (32 GB) deve aparecer ainda este ano por US$ 599.

Garanta o seu antes que a nVidia vaze o próximo!

Leia também:

relacionados


Comentários