Home » Internet » Urnas Eletrônicas, Fraudes e Hollywood

Urnas Eletrônicas, Fraudes e Hollywood

Os tubos das Interwebs estão pegando fogo com denúncias de fraude nas urnas eletrônicas. Ok, elas não são infalíveis como o Ziraldo, mas será mesmo essa peneira toda? Dando uma estudada nas denúncias, dá pra dizer que das duas uma: ou o pessoal está mentindo ou PT e PSDB contrataram os hackers mais burros do Universo.

5 anos atrás

democraciayay

A internet causa um efeito interessante: ela dá às pessoas a ilusão de poder, ou melhor: a ilusão de que conhecimento é poder. Não é. Fora a Batgirl qual outra bibliotecária poderosa você conhece? Mais ainda: a internet dá a ilusão de conhecimento instantâneo. Um idiota bem-treinado consigo acessar 3 ou 4 artigos da Wikipedia, resvalar os olhos em informação e continuar uma conversa passando a impressão de expert no assunto… mas é puro teatro.

Outras pessoas realmente acreditam que um post no blogspot em um blog com NovaOrdemMundial no título, GIFs animados e mapas mostrando a origem dos visitantes é a mais confiável fonte possível, superando até o absolutamente isento e sensato AboveTopSecret.com.

Esses sites estão fazendo a festa com denúncias de fraude nas eleições (já fizeram antes, mas tudo bem). Repetem até não poder mais as mesmas histórias, mas na mente do conspirador de internet (e do jornalista também) se a mesma denúncia aparece em 3 sites, conta como 3 ocorrências. O grande alvo agora são as Urnas Eletrônicas, as preferidas de quem trabalha com tecnologia e portanto não confia nelas, mas confia no iPhone, no Android, no Facebook, no ABS do carro, no GPS, no Marcapasso, no OhMyBod…

As urnas são 100% seguras?

Claro que não. Nada é 100% seguro, mas elas são muito mais seguras do que no tempo da votação em papel, onde a PM era responsável pelas urnas, e a fraude imperava. Seções inteiras vinham com votos marcados pela mesma pessoa, urnas de seções onde um candidato era majoritário tendiam a desaparecer… mas isso só quem nasceu antes de 1990 lembra.

O que mais me diverte é a arrogância dos blogueiros “denunciando” as fraudes. Eles se acham mais inteligentes que os candidatos, que o TSE e que os partidos. Quem já acompanhou apuração sabe que fiscal de partido é o bicho mais paranóico que existe. Exigiam recontagem quando voto caía no chão. Eu GARANTO que se houver um mínimo descuido de segurança os partidos serão os primeiros a reclamar. A não ser que você acredite que TODOS estão envolvidos em uma enorme conspiração, provavelmente junto com o HAARP.

Nesta eleição a “fraude” está sendo ecumênica. Há denúncias de PT e PSDB fraudando urnas. As mais comuns, embora não tenho visto mais de 3 ou 4 casos é de eleitor que foi votar e descobriu que já tinha votado.

Lamento, essa é uma fraude BURRA. Usando a Navalha de Occam, a explicação mais simples é a verdadeira: mesários atolados destacam o comprovante errado, ninguém confere e quando o sujeito vai votar, olham e dizem que já foi.

A outra “fraude” que percorre a internet é melhor ainda:

Hulu — The Simpsons – Electronic Voting

Sim, estão dizendo que em algumas urnas você marca 45 para Aécio e aparece que o voto foi 13, para Dilma. Em outros relatos absolutamente dignos de confiança afinal estão na internet, ocorre o contrário. Você vota 13 na Dilma, aparece que o voto foi 45, pra Aécio.

Isso é uma das coisas mais idiotas que já vi, mesmo na Internet.

Eu adoro séries bobas, adoro NCIS, adoro os Dois Idiotas, Um Teclado, mas agora com autoridade de quem tem um tiquinho de experiência em programação: FRAUDES NÃO SÃO EXIBIDAS EM TELA. É absolutamente, completamente, TOTALMENTE idiota você fazer uma alteração fraudulenta em um banco de dados e exibir essa alteração. É… desnecessário. É a bomba-relógio com contador.

Na remooooota possibilidade de alguém ter acesso ao código-fonte das urnas esse alguém não tocaria na interface, faria as alterações somente na hora de gravar os dados no cartão de memória. Algo assim:

function GravaDados ($voto) {
 
IF ($voto == "Khan" { $votosKhan = $votosKhan + 1}
 
IF ($voto == "Khodos") {$votosKhan = $votosKhan+1}
 
ExibeVoto ($voto)
 
}

Você só “vê” que está sendo hackeado em filmes e séries de TV. Nenhum programador digno do seu mojo arriscaria seu pescoço cometendo um crime eleitoral sério assim e MOSTRARIA AO ELEITOR QUE O VOTO FOI FRAUDADO.

Isso também inviabiliza a bobagem de querer “comprovante impresso” para recontagem.

“Então as pessoas estão mentindo?”

Provavelmente. E antes que alguém comece as acusações, lembre-se: pessoas mentem o tempo todo, por dinheiro e principalmente por atenção. Vide o tal estivador que afirmou categoricamente ter visto os corpos das vítimas do acidente do Cessna, tendo inclusive “fechado os olhos” do Eduardo Magalhães Campos. Pessoas disseram que viram o avião em chamas e outros chegaram a afirmar que o avião havia batido em um helicóptero. A GloboNews até publicou uma foto

Ah sim, há gente DENUNCIANDO que a Urna Eletrônica “fez download” de “alguma coisa” ao final do voto. O tal download? Uma barra de processamento, muito provavelmente pela lerdeza do equipamento, que não era topo de linha em 1763 quando foi projetada, muito menos hoje. Se ela fosse colorida podiam colocar a Bola de Praia da Morte, do Mac…

spinning_beach_ball_of_death_1_13512_5315_image_7479

Em conclusão: é possível fraude em urnas eletrônicas? Com certeza, mas é muito mais complicado do que com votos manuais. Ou você acredita em uma megaconspiração illuminati começando no TSE, para que o código-fonte original (mega-auditado por partidos) seja alterado, ou então você passa a ter que alterar o firmware de urna a urna. Quanta gente você acha que tem know-how pra isso? No Acre?

Imagine uma história Missão Impossível de conspiradores invadindo centrais de armazenamento, abrindo urnas de caixas lacradas, regravando o firmware durante a noite e…

Nah, é muito mais fácil dar salgadinho, refresco e van até o local da votação. Em último caso, dentadura.

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários