Home » Microsoft » Bill Gates tira o chapéu para o Apple Pay

Bill Gates tira o chapéu para o Apple Pay

Gates reconhece que o Apple Pay é "uma ideia fantástica" e que ajudará a estabelecer um mercado que contará com o Google Wallet e soluções Microsoft

5 anos atrás

bill-gates

Embora não seja exatamente uma novidade, o sistema de pagamentos Apple Pay anunciado no último keynote tem o potencial de estabelecer a popularização do sistema, ao fazer com que o iPhone usufrua de um sistema que em tese aposenta os cartões de crédito.

Claro que o Google veio na frente com o Wallet, que é uma rede mais do que madura (perguntem para o Matheus, que faz uso dele todos os dias nos EUA o que ele acha), mas o buzz gerado em torno da maçã fará com que o recurso se torne mais popular. Ao menos é o que pensa Bill Gates.

O co-fundador e hoje membro do conselho da Microsoft está de fato muito mais concentrado em sua missão de mudar o mundo através da Fundação Bill e Melinda Gates, e uma das frentes em que ele está trabalhando é justamente uma forma de facilitar o sistema de pagamentos em países em desenvolvimento. Ao ser perguntado sobre isso em uma entrevista à Bloomberg, Gates deixou claro que os padrões de comunicação via NFC foram estabelecidos bem antes, já que contamos com o Google Wallet. Entretanto o Apple Pay é uma forma fantástica de aplicação e uma prova de que outros podem fazer o mesmo, permitindo que qualquer tenha acesso em aparelhos mais baratos. E claro, isso inclui a Microsoft.

O Apple Pay é um grande exemplo de como um celular que identifica o usuário de forma segura pode viabilizar uma transação de uma forma bem, bem barata. (...) O fato de qualquer aplicação me permitir realizar compras é fantástico. Não precisar mais de um cartão de crédito, fazer uma transação e saber exatamente quem está do outro lado, isso é uma contribuição real.

Gates reconhece que o que o Google fez é importante, pois abriu os caminhos para um recurso que pode ser muito útil em inúmeras situações. A adesão da Apple ao movimento trará massa crítica, empresas que não se sentiram compelidas a trabalharem com a carteira de Mountain View se sentirão atraídas a fazer parte do programa de Cupertino por razões puramente de marketing (vide Disney), e com isso mais soluções de outros fabricantes se tornarão viáveis, em prol de facilitar o ato de compra e venda para todos. E claro, a Microsoft não marcará touca.

Você verá esse sistema integrado em todas as plataformas, não importa se Apple, Google ou Microsoft. Ele usa NFC como padrão, e essas companhias tem investido nisso há muito tempo. O que a Apple fará é gerar massa crítica em todos os seus dispositivos.

Só que Gates sabe que isso não basta. É preciso ampliar o acesso à rede bancária em países em desenvolvimento, e para isso baixar os custos das transações é essencial. Serviços de troca de dinheiro e pagamento de contas como o Zuum, oferecido pela Vivo em parceria com a Mastercard são importantíssimos para isso e precisam ser ampliados.

De qualquer forma vale muito a pena ver a entrevista completa.

Fonte: BB.

relacionados


Comentários