Home » Microsoft » Windows Phone: habemus Flipboard — Só não flipa.

Windows Phone: habemus Flipboard — Só não flipa.

Aleluia, depois de um longo e tenebroso inverso, chega ao Windows Phone o Flipboard, aquele agregador de conteúdo em formato de revista eletrônica que, sozinho, justificou a existência do iPad.

5 anos atrás

flipboard

O Flipboard foi “a” Killer App do iPad. Mesmo com todas as coisas incríveis que ele faz, a forma mais fácil de mostrar a utilidade do tablet para quem não estava familiarizado com o conceito mas já tinha opinião formada (ah, internet…) era abrir o Flipboard e deixar o sujeito brincar com as páginas e páginas de informação agregada.

Uma forma correta, mesmo que sem-imaginação de definir o Flipboard é que ele é uma revista eletrônica, mas ele vai muito além. É um agregador que permite que você colete informações e monte suas próprias revistas. São revistas dentro de revistas dentro de revistas, um verdadeiro revistaception.

Por mais de um era foi divertido zoar o pessoal do iPad, mas eventualmente eles ganharam uma versão do app. Meh.

Quando surgiu o Windows Phone os grandes desenvolvedores não deram bola pra plataforma, usando a Lógica Tostines de que se não há usuários não há demanda e se não há demanda não adianta investir na plataforma. Demorou, mais que o Android, mas os aplicativos começaram a aparecer. Hoje dá pra dizer que fora alguns casos pontuais a falta de apps do Windows Phone é como a Tela Azul no Windows: funciona como piada, mas não deve ser usada com rancor, ou você estará sendo injusto E fazendo papel de bobo.

Um dos apps que fazia mais falta era justamente o Flipboard, mas a longa e tenebrosa espera acabou. Depois de um vazamento onde uma versão anterior ficou algumas horas disponível, os desenvolvedores não tiveram opção a não ser liberar a versão oficial.

flipboard2

Apesar de muito provavelmente ter sido lançada às pressas, a versão está bem resolvida, com a grande irrelevante e decepcionante ausência do efeito de página virada, presente mesmo na versão para iPhone. Claro, isso não o afeta em nada e a navegação continua rápida e intuitiva. Há guias de conteúdo em um monte de países, inclusive Brasil. Dá para compartilhar E agregar conteúdo de um monte de redes sociais, mas curiosamente o Pocket não está disponível. Meu lado conspiracionista imagina que seja um plano maligno da malvada Microsoft para forçar o uso do OneNote, mas como ele funciona perfeitamente bem não chegou nem a ser um incômodo.

flipboard3

Juro que a escolha da notícia foi aleatória.

Como o Flipboard que conhecemos e amamos, a versão Windows Phone também mostra conteúdo em vários formatos, aproveitando as capacidades gráficas da plataforma. Imagens em tela cheia como no exemplo acima são comuns. É um daqueles apps que entram pro rol de essenciais em qualquer plataforma.

Para baixar:

Direto da Lojinha do Windows Phone, e é digrátis.

relacionados


Comentários