Home » Internet » Microsoft facilita acesso gratuito do Office 365 para Estudantes

Microsoft facilita acesso gratuito do Office 365 para Estudantes

Microsoft introduz nos EUA método simples para acesso gratuito ao Office 365 por estudantes: instituições de ensino deixarão de cuidar das contas dos alunos

5 anos atrás

office-365

A Microsoft está fazendo de tudo mesmo para garantir que seus produtos estejam presentes nos computadores e dispositivos do maior número de usuários possível: tanto que está facilitando a vida de alunos de escolas e universidades, desburocratizando o processo para se conseguir assinaturas gratuitas do Office 365.

Até o presente momento, para se conseguir uma cópia dos produtos Microsoft gratuitamente (principalmente versões do Windows e alguns produtos do Office, até porque Redmond não liberava sua galinha de ovos de ouro facilmente) era preciso algumas coisas: primeiro, a instituição (seja escola ou universidade) precisa ser afiliada do programa Dreamspark, conhecido anteriormente como Academic Alliance. O Student Advantage, introduzido ano passado é mais um produto do programa, que permite que instituições assinem o Office 365 for Students de modo que seus alunos tenham acesso a ele.

De qualquer forma, para o aluno ter acesso a qualquer um desses produtos até então a instituição tinha que inscrevê-lo e administrar sua conta, o que acaba sendo uma fonte de problemas: no meu caso era de praxe perder o acesso ao programa todo bendito início de semestre, o que me obrigava a entrar em contato com a faculdade para restaurar a conta. E isso nunca levava menos de duas semanas.

O que a Microsoft está fazendo agora é tirar as instituições do meio do caminho. Claro, elas ainda precisam ser filiadas do Dreamspark para que os alunos tenham direito ao serviço, mas a partir de agora basta que ele se cadastre diretamente no site com um e-mail fornecido pela escola/faculdade/universidade, e Redmond encarregar-se-á de verificar os dados do mesmo e liberar o acesso. Sem burocracia, sem complicação. O pacote é generoso: possibilidade de instalar o Office 365 em até 5 desktops (PC e/ou Mac), apps mobile liberados (inclusive em tablets Windows e no iPad, onde diferente do que ocorre no iPhone e Android a suíte de aplicativos é paga), acesso ao Office Online e 1 TB de armazenamento no OneDrive.

Outrora a Microsoft fazia muito doce em relação ao Office. Somente no ano passado, com a introdução do programa Student Advantage é que alunos puderam pela primeira vez ter acesso aos programas mais utilizados do Office de forma gratuita. Redmond sempre considerou que sua suíte de escritório, por ser seu grande ganha-pão não deveria ser oferecia livremente em nenhuma hipótese. Os ventos da mudança que andam soprando na companhia pelo visto mostraram que liberar Word, Excel, PowerPoint e outros programas que não o Access ou o Visio (que uma minoria usa) é um grande negócio e pode ajudar a cativar o usuário.

Por enquanto o programa só está disponível nos Estados Unidos mas será expandido globalmente ainda em 2014. Portanto torça para que sua instituição disponibilize o Office 365, pois todos só têm a ganhar.

Fonte: MS.

relacionados


Comentários