Home » Meio Bit » Internet » HBO considera oferecer serviço Go para todo mundo

HBO considera oferecer serviço Go para todo mundo

HBO estuda a possibilidade de dissociar seu serviço de streaming da assinatura de TV à cabo, como forma de aumentar os rendimentos da emissora

5 anos atrás

daenerys

Uma verdade: todo mundo adoraria assistir sua série favorita na internet em qualquer horário, com qualidade máxima, pagando o mínimo possível e principalmente sem trabalheira. Foi isso que permitiu o sucesso absoluto do Netflix e em menor grau do Hulu, que entregam uma experiência muito boa, contam com acervos excelentes e um precinho que justifique ao usuário abrir mão do torrent. Só que nem todos os donos de conteúdo pensam assim.

Canais como Fox, HBO e outros preferiram criar suas próprias soluções, criando o que chamamos de balconização do streaming: para assistir tudo o que você gostaria é preciso assinar diversos serviços, sem contar que muitos deles são atrelados pacotes de TVs por assinatura. Esse é o principal motivo de Game of Thrones ser a série mais pirateada de todos os tempos, mostrando que a Locadora não será abalada facilmente.

Agora o pessoal do HBO parece estar acordando de um longo sono, diferente da Fox e da Viacom. Em uma conferência de investimentos o CEO da emissora Jeff Bewkes foi questionado pelo analista da Goldman Sachs Drew Borst sobre a possibilidade de o serviço HBO Go ser desvinculado em definitivo da necessidade de uma assinatura de um pacote de TV, o que poderia permitir que mais pessoas tenham acesso a seu acervo sem ter que gastar dinheiro com o que não querem. A pergunta não foi lançada ao acaso: como a negociação entre a Time Warner e a 21st Century Fox não deu em nada, encontrar novas formas de capitalizar em cima de seu acervo é algo que eles serão obrigados a considerar.

the-newsroom

Bewkes disse que essa é uma possibilidade "que está se tornando cada vez mais viável e interessante", obviamente do sentido de rentável. Colocando de forma resumida, a HBO não descartou por completo a possibilidade de oferecer o Go de forma livre a quem não quiser assinar um pacote de TV, entretanto a emissora ainda está analisando como fazer isso "da melhor maneira", o que significa oferecer um serviço de qualidade ao maior número de pessoas, e obviamente da forma mais lucrativa possível.

Embora não seja o cenário ideal (eu ainda prefiro um guarda-chuva comum como a Netflix tendo um acervo completo, mas isso é utopia), caso isso se torne realidade não só a HBO aumentará seus lucros ao aumentar exponencialmente o número de assinantes do serviço de streaming, como também ajudará a diminuir o impacto que a Locadora causa na distribuição de suas séries não compartilhadas com outros serviços, como Game of Thrones e The Newsroom. Todos sairiam ganhando: o consumidor que pagaria um precinho camarada para assistir sua série favorita sem ter trabalho, e a HBO que veria o número de seus assinantes explodirem. Não há previsão de quando (ou se) isso vai acontecer, mas o fato de estarem pensando nisso seriamente é animador.

Fonte: Q.

relacionados


Comentários