Home » Hardware » Positivo apresenta novos dispositivos com processadores Atom

Positivo apresenta novos dispositivos com processadores Atom

Positivo apresenta duas novidades para o mercado de entrada: o tablet Android Mini Quad e o híbrido Windows Duo ZX 3000, ambos com processadores Intel Atom

5 anos atrás

positivo-mini-quad

Em evento realizado nesta quinta-feira, a Positivo apresentou dois novos produtos de entrada: o tablet Android Mini Quad e o híbrido com Windows 8.1 Duo ZX 3000, ambos equipados com processadores Intel Atom.

Comecemos pelo tablet. O Mini Quad é um aparelho até que bem construído, embora lembre bastante o HP 8 e consequentemente, o iPad mini (embora seja um pouquinho mais pesado). Ele vem equipado com o processador Atom Z3735E, um quad-core com clock de 1,3 GHz (1,8 GHz com Turbo Boost) da Intel, que está se esforçando para introduzir seus processadores Bay Trail em dispositivos mobile por aqui. O display IPS de 7,85 polegadas, com proporção de tela 4:3 e resolução XGA (1024 × 768 pixels) totalizam uma densidade de pixels de 163 ppi, que até pouco tempo atrás era mais do que suficiente no iPad, portanto não há do que reclamar.

O Mini Quad conta com 1 GB de memória RAM, 8 GB de espaço interno (mostrando que a Positivo não é a Samsung, menos de 2 GB são ocupados pelo sistema; ele já vem com joguinhos e apps de edição de texto pré-instalados), Wi-Fi, Bluetooth (sem GPS ou 3G/4G), uma câmera principal de 5 megapixels e frontal apenas VGA, entretanto algo me incomodou no aparelhinho: diferente da maioria dos fabricantes que posicionam o componente frontal ou no meio ou no canto direito, a “câmera selfie” (eu dou muita risada com esse termo, sério) foi levemente posicionada à direita do centro, ficando um tanto desalinhada. Não chega a ser um problema, mas eu me senti levemente incomodado (deve ser TOC…). Por outro lado, o Mini Quad conta com algo bem raro em tablets: uma porta mini-HDMI.

camera-fora-centro

usb-2-0-micro-hdmi

Assim como o Veloce, o Android está limpo e sem customizações, entretanto tal qual a TecToy o Mini Quad chega ao mercado com a versão 4.2 do robozinho. Isso chega a ser uma tendência bizarra no Brasil, a AOC fez a mesma coisa recentemente. Dá a impressão que os fabricantes daqui demoram tanto para desenvolver seus produtos, que quando eles chegam ao mercado o software já está mais do que defasado. Ao ser questionada, a Positivo garante que um update para o 4.4 KitKat já está nos planos. O Mini Quad estará disponível em setembro pelo preço de R$ 599.

positivo-zx-3000

Já o híbrido Duo ZX 3000 é um aparelho deveras interessante. Com um quad-core Atom Z3735G de 1,3 GHz (1,8 GHz em Turbo Boost) e teclado em português, ele vem com Windows 8.1 completo (aliás, o Lumia 2520 é o último dispositivo da Terra a rodar o Windows RT) e adicionais interessantes, como Office 365 e 1 TB de espaço no OneDrive gratuitos por um ano. Ele possui 1 GB de RAM, 16 GB de armazenamento Flash, display touch de 10,1" com resolução de 1280 × 800 pixels (149 ppi), câmera principal de 2 MP e frontal VGA (afinal é um híbrido), Wi-Fi, Bluetooth e bateria com autonomia de cinco horas. O teclado é fácil de ser destacado e possui ímãs bem potentes, mas a falta de travas extras pode ser um problema para os estabanados como eu, por exemplo. E como o Mini Quad, o gadget também possui uma saída micro-HDMI.

O lançamento do Duo ZX 3000 é esperado para novembro e seu preço sugerido é de R$ 999, o que o torna um produto bem atraente para quem quer um dispositivo Windows portátil e prático de se usar, tanto como tablet quanto como um ultrabook e mais importante, sem ter que gastar muito.

relacionados


Comentários