Home » Games » Nintendo » Miyamoto: a Nintendo não mais focará em jogadores casuais

Miyamoto: a Nintendo não mais focará em jogadores casuais

Miyamoto diz em entrevista que Nintendo não mais pretende correr atrás do jogador casual, graças ao mercado mobile; foco se volta para gamers hardcore.

5 anos atrás

shigeru-miyamoto

Durante anos a Nintendo tentou de todas as formas atrair todos os tipos de público para sua plataforma. Esse foi um dos principais motivos do sucesso do Wii: ao entregar jogos casuais de que desde a criança ao vovô poderia jogar, as vendas explodiram. Só que o foco mudou: em entrevista à EDGE, Shigeru Miyamoto explicou que esse tipo de jogador não mais interessa à companhia, principalmente por ter uma postura passiva e não aproveitar os games ao máximo.

É a primeira vez que um alto funcionário da Nintendo faz uma declaração do tipo, e é até um tanto surpreendente ela vir justamente de Miyamoto, o faz-tudo da Nintendo e responsável direto por Wii Music, que foi um dos responsáveis por atrair o público não-gamer para o Wii, junto com Wii Sports e Wii Fit. Para a Nintendo, o jogador casual não mais interessa devido o fato dele possuir uma atitude passiva, querer tudo de bandeja e não tentar se desafiar com os games. E apesar da Nintendo ter como missão dar lucro como qualquer outra empresa, entregar experiências únicas com seus games sempre fez parte do DNA da companhia e de Miyamoto.

Existem algumas pessoas que podem querer ver um filme. Eles podem querer ir à Disneylândia. Sua atitude é 'Ok, eu sou um cliente. Me entretenha'. Esse tipo de atitude passiva me parece patética. Eles não sabem o quão interessante pode ser se eles derem um passo à frente e tentarem se desafiar (com games mais complexos)”.

Para Miyamoto, a conversão dos dispositivos mobile, sejam iPhones, iPads ou Androids nas plataformas de games portáteis casuais (ou nem tanto) de maior sucesso do mundo tirou a responsabilidade da Nintendo em atender esse público: todos eles migraram para seus smartphones e tablets, permitindo a companhia japonesa se focar em quem realmente interessa: os fãs de suas franquias, lhes permitindo entregar novos títulos de suas séries favoritas com novas experiências inovadoras.

Nos tempos do Wii e DS, a Nintendo fez de tudo para expandir a comunidade de jogadores. (…) Felizmente, graças à expansão do mercado de smartphones e tablets, essas pessoas jogam o tempo todo. Isso é bom para nós, pois nós não temos que nos preocupar em criar algo relevante para as vidas da população geral”.

Isso faz com que a Nintendo volte ao caminho em que ela estava antes do Wii: manter o foco em mais games de Mario, Zelda, Donkey Kong e etc. e manter seus fãs e gamers hardcore satisfeitos. Quanto aos casuais, eles já têm seus dispositivos mobile para entretê-los. Se isso dará certo? Só o tempo dirá, mas é bom ver que ao menos a Nintendo está focada em um objetivo, que é manter seus fãs satisfeitos.

Fonte: CVG.

relacionados


Comentários