Home » Meio Bit » Apple e Mac » Apple homenageia Robin Williams com página e coleção no iTunes

Apple homenageia Robin Williams com página e coleção no iTunes

Ator falecido recentemente é relembrado pela Apple com página e coleção de seus filmes, programas de TV e performances no iTunes

4 anos e meio atrás

robin-williams-apple-page

Robin Williams foi um ator excepcional, isso é fato. Dono de um humor apurado e uma sensibilidade ímpar, ele fez rir e chorar gerações de espectadores com suas obras nas últimas quatro décadas. Sua morte, aparentemente causada por um quadro profundo de depressão que o levou ao suicídio foi um golpe duro para todos os seus fãs. A Apple não foi indiferente a isso, tendo realizado pequenas homenagens ao ator e comediante.

Sendo justos, a Apple tem um histórico de fazer pequenas homenagens a personalidades quando de seus passamentos. Tirando a óbvia a Steve Jobs, a mais recente publicada em sua página principal foi quando da morte do líder sul-africano Nelson Mandela. A morte de Williams foi lamentada pelo CEO Tim Cook e pelo VP de marketing Phil Schiller, além da publicação do tradicional obituário, lamentando sua partida prematura.

Além disso, a Apple preparou uma coleção especial no iTunes para que mais pessoas possam apreciar a obra do ator. A seção chamada Remembering Robin Williams traz um grande acervo de filmes, programas de TV e performances de palco de seus quase 40 anos de carreira, desde obras obrigatórias como Sociedade dos Poetas Mortos, Patch Adams, Bom Dia, Vietnã, Uma Babá Quase Perfeita e Gênio Indomável, outros como Hook, Tempo de Despertar e Gaiola das Loucas, alguns bem esquecidos como a versão cinematográfica de Popeye (1980, seu segundo filme) e até mesmo o recente (e ainda inédito no Brasil) The Angriest Man in Brooklin. Além disso, três álbuns com suas performances foram agrupados na coleção: The Crazy Ones, A Night at the Met e Weapons of Self Destruction.

Claro que a Apple está capitalizando em cima da morte de Williams, mas é bom lembrar que a Amazon fez o mesmo quando James Gandolfini faleceu, promovendo uma grande campanha da série Os Sopranos. Na época a Apple não fez nenhuma divulgação, mas as vendas da série também tiveram um boost no iTunes.

relacionados


Comentários