Home » Hardware » Microsoft vai encerrar linhas Asha e Series 40 da Nokia

Microsoft vai encerrar linhas Asha e Series 40 da Nokia

Documento revela que Microsoft vai eliminar dispositivos mobile que não sejam Windows Phones; linhas Asha e Series 40 da Nokia viverão por apenas 18 meses

5 anos atrás

Nokia-105-Group_1.jpg

E pelo visto a Microsoft não tem a mínima intenção em manter outros dispositivos mobile que não sejam Windows Phones. Depois de exterminar sem cerimônia a linha X e mandar boa parte do pessoal da antiga empresa finlandesa embora, decorrente do grande corte de pessoal recente (que vitimou também a Xbox Entertainment Studios), o próximo movimento é dar cabo de toda a linha de feature phones e smartphones baratos,como as linhas Series 40 e Asha.

Quando as cartas abertas do CEO Satya Nadella e do VP de dispositivos Stephen Elop revelaram o brutal corte de funcionários vindos da Nokia e o fim prematuro da linha X, algumas pessoas se perguntavam o que a Microsoft tinha em mente. Os dispositivos Android seriam vendidos como aparelhos de entrada, entre os Ashas e pés-de-boi e os mais baratos Windows Phones, o que poderia ser uma estratégia para se manter presente no mercado de celulares baratos e atender pessoas com menor poder aquisitivo. Não muito tempo atrás a Nokia apresentou os aparelhos 105 e o 225, excelentes aparelhos para o que propõem: realizar ligações e algumas funções extras.

asha-503

Redmond não pretende sair do mercado de entrada, e vai oferecer aparelhos cada vez mais baratos e funcionais. O único porém é que a partir de agora, todos eles serão Windows Phones. O site BGR conseguiu colocar as mãos num e-mail enviado pela outrora SVP de dispositivos da Nokia, hoje líder de dispositivos Microsoft Jo Harlow a funcionários, detalhando o que será feito dos dispositivos originais da fabricante finlandesa.

Sendo direto, todos os aparelhos das linhas X, Series 40 e Asha serão movidos para o "modo de manutenção" imediatamente (considerando que o e-mail circulou na sexta-feira, o plano já foi posto em ação). Isso significa que não haverá mais lançamentos de aparelhos dessas linhas, e quaisquer planos de updates e adições de features foram cortados. Os aparelhos em circulação receberão suporte oficial pelos próximos 18 meses, o que a Microsoft chama de "compromisso assumido com os clientes". Depois disso todos os serviços referentes às três plataformas serão desativados. Todos os esforços de desenvolvimento e o investimento nessas linhas será totalmente redirecionado para a plataforma Windows Phone, o que fará dos aparelhos Series 40, X e Asha meros zumbis até sua morte definitiva, na virada 2015/2016.

O motivo é simples: a Microsoft não quer concorrer com ela mesma. Ao eliminar os feature phones as opções de aparelhos baratos vão se reduzir cada vez mais, o que em teoria levaria ao cliente preferir aparelhos como o Lumia 630. Na prática isso levará a um aumento de vendas dos Androids mais simples, que querendo ou não são bem mais baratos que os mais simples smartphones da Microsoft. Quem perde são os mercados como a África, que criou um ecossistema próprio em torno dos aparelhos pé-de-boi e querendo ou não, voltará ao limbo tecnológico.

Fonte: BGR.

relacionados


Comentários