Microsoft manda 12.500 da Nokia para a rua e mata linha X

nokia-x2-002

OK, a gente tinha uma leve desconfiança que a linha Nokia X não iria durar muito, principalmente pelo fato de que o produto era originalmente um plano B da empresa finlandesa, caso o acordo com a Microsoft não durasse muito tempo e ela deixasse de fabricar Windows Phones. Entretanto, quando ela foi adquirida Redmond passou a ter um problema: um produto que contrariando a lógica ela resolveu lançar mesmo assim, e que para completar se tornou um sucesso em mercados emergentes.

Para completar, toda grande aquisição não vem sem uma gigantesca reestruturação, e ela foi anunciada ontem. Só que a realidade se mostrou bem pior do que a expectativa.

O CEO Satya Nadella já havia adiantado que preparava uma “limpeza” na Microsoft, e as fontes indicavam que a rodada de demissões seria a maior de sua história. Só que ninguém esperava tanto: em carta aberta aos funcionários, Nadella informa que 18 mil funcionários serão desligados da companhia e desses, 12.500 postos de trabalho da antiga Nokia. Considerando que a companhia conta atualmente com 127.504 colaboradores, um corte de mais de 14% de seu pessoal é um número e tanto. Obviamente que a ex-Nokia, hoje Microsoft Mobile é a mais prejudicada, perdendo quase metade de seus 30.000 funcionários originais, incluindo trabalhadores de chão de fábrica. Nadella lembra que o motivo do corte violento é agilizar a companhia, tornando as tomadas de decisão mais eficientes e eficazes e aumentar a produtividade, além de obviamente cortar custos.

Claro, não para por aí. Também em carta aberta, o VP executivo de dispositivos e serviços Stephen Elop não só reforçou as informações divulgadas por Nadella como confirmou algo já esperado: a linha Nokia X caiu do telhado. Em prol de concentrar os esforços onde é possível agregar mais valor, a linha Nokia X deixará de rodar Android e “dispositivos selecionados serão direcionados para o Windows Phone”. Com isso a linha de dispositivos de entrada será totalmente absorvida pelo próprio sistema da Microsoft no futuro, entretanto a linha Nokia X e X2 continuará recebendo suporte oficial de Redmond.

Entretanto há alguns pontos estranhos nessa história. A linha X originalmente deveria ter sido lançada por aqui, já que o Brasil estava dentro dos planos como mercado emergente em que seus Androids customizados poderiam ter um certo alcance, ao se fazer valer da marca finlandesa. Como observado pelo Tecnoblog, a coletiva de imprensa da linha X, marcada para o dia 10 de junho foi cancelada e a Microsoft Brasil não mais tocou no assunto, enquanto lá fora o X2 já está sendo comercializado. Portanto, não será surpresa nenhuma se a linha sequer seja lançada aqui.

No fim das contas faz sentido. A Microsoft já conta com aparelhos bons e baratos como o Lumia 630, além da linha Asha. Os Androids da Nokia pareciam um produto deslocado nesse ecossistema, e declarações anteriores de que a marca seria mantida pareciam deslocadas e injustificadas. E as mudanças não param por aí: como a linha X foi morta antes do esperado, o sumiço da marca Nokia pode se dar antes do que todo mundo espera.

Relacionados: , , , , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Profissional de TI auto-didata, blogueiro que acha que é jornalista e careca por opção. Autor do Meio Bit e Portal Deviante, podcaster/membro fundador/Mestre Ancião do SciCast e host/podcaster do Sala da Justiça.

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto Frio Peças, Cupom de desconto Mundo da Carabina, Cupom de desconto JBL, Cupom de desconto Costa Cruzeiros, Cupom de desconto Loja do Mecânico, Cupom de desconto Staples