Home » Mobile » Quase 80% dos aplicativos da loja da Apple são softwares zumbis

Quase 80% dos aplicativos da loja da Apple são softwares zumbis

Relatório analisa disponibilidade de aplicativos da App Store e aponta que quase 80% dos apps são software zumbi, que não conseguem ser suficientemente visíveis ao usuário. E este número está crescendo. Entenda:

5 anos atrás

Zombie_Dead_Apps

Nesta quinta-feira a loja de aplicativos da Apple completa seu sexto aniversário, com números impressionantes, como 75 bilhões de downloads e desenvolvedores faturando mais de US$ 15 bilhões com suas criações.

Mas um relatório publicado pela empresa de análise de mercado mobile Adjust, que levantou dados sobre o ciclo de vida dos aplicativos do iOS, mostra que 80% dos quase 1,2 milhão de apps disponíveis na loja foram baixados pouquíssimas vezes, ou até casos onde nenhum download foi registrado.

O relatório usa o termo “zombie app” para descrever os aplicativos que sequer entram nas métricas dos rankings da loja da maçã.

Pra gente entender melhor, em junho 953.387 dos — sendo mais exato — 1.197.087 apps à disposição são zumbis. Eram 75% em dezembro de 2013 e 70% em junho do mesmo ano. Ou seja, temos um crescimento considerável em um ano. Do relatório:

report01

Sim, parece um absurdo, uma porcentagem muito alta. Mas vamos tentar entender: a cada mês, 60 mil novos programas são adicionados à App Store. A cada mês, fica mais difícil de fazer seu aplicativo se destacar entre os demais. Se seu app não é encontrado pelos usuários, ele não é baixado por eles.

Segundo a publicação da Adjust, somente 1/5 dos apps estavam suficientemente visíveis em junho.

A linha entre um aplicativo vivo e um zumbi foi configurada de uma forma conservadora — um aplicativo teve que estar entre os quase 40 mil apps das principais listas da App Store em dois de cada três dias durante o mês.” — diz o documento.

São categorias diferentes, que listam a popularidade dos softwares.

Outro fator importante a ser destacado é que os rankings do “topo do topo” da Apple antes contavam com 350 apps. Hoje são apenas 150. Isso fez com que a coisa ficasse ainda mais difícil para os desenvolvedores, e mais itens fossem parar no “limbo”.

Além disso, 21% dos aplicativos que foram aprovados e publicados na App Store ao longo dos anos está agora “morto”, não existem mais. Ou porque violaram algum termo da loja, ou pois foram removidos pelos próprios criadores (como no caso do Flappy Bird).

Livros, entretenimento e utilitários figuram no topo da classificação dos apps “mortos. Lembrando que entretenimento não engloba Games.

deadapps

Por um lado, a gente se questiona se essa coisa da App Store ter mais aplicativos ser de fato uma vantagem. Eu ainda acho que é, mas por outro lado os desenvolvedores vão ter que se esforçar cada vez mais — tanto na parte tecnológica, quanto publicidade — pra dar algum destaque aos seus programas.

Fontes: Adjust e Mashable.

Leia mais sobre: , , , , , .

relacionados


Comentários