Home » Internet » SPTrans regulariza recarga de Bilhete Único via smartphones

SPTrans regulariza recarga de Bilhete Único via smartphones

Agora é possível utilizar alguns modelos de smartphones com NFC para comprar créditos do Bilhete Único; pagamento é realizado por enquanto apenas via boleto

5 anos e meio atrás

sptrans-bilhete-unico-smartphone

Há algum tempo a rede Ponto Certo, uma das empresas que administra os pontos de recarga do Bilhete Único na cidade de São Paulo lançou um app que a princípio permitia tão somente recarga do Vale Transporte via smartphones com NFC, visto que foi lançado de forma independente e sem a devida regularização da SPTrans. Entretanto o órgão recentemente homologou o app, e ele agora permite que o usuário possa comprar créditos e recarregar seu bilhete na comodidade do lar ou em qualquer outro lugar.

Entretanto há de se fazer algumas ressalvas: como a infraestrutura do Bilhete Único está em funcionamento em São Paulo desde meados de 2004, é um fato que ela não é moderna. Baseada na tecnologia dos cartões Mifare fabricados pela holandesa NXP Semiconductors, ela não é compatível com o chipset NFC da Broadcom que equipa boa parte dos smartphones modernos.

Como a Broadcom não incorporou a tecnologia Mifare para fazer seus chipsets conversarem com o padrão, aparelhos como Galaxy S4, LG G2 e aparelhos da linha Nexus (smartphones e tablets) não podem utilizar o app. Já dispositivos como Galaxy S3, Moto X, Droid Razr (normal e HD), Razr D3, Xperia L e outros são compatíveis. Curiosamente o Galaxy S5 também pode utilizar o app, pois a Samsung voltou a incorporar o chipset da NXP como fez no S3. O presidente da Ponto Certo Nelson Martins diz que há cerca de 45 aparelhos no país compatíveis, mas a empresa estuda outras formas de estender a funcionalidade, inclusive com o oferecimento de leitores externos para donos de iPhones e outros aparelhos.

ponto-certo

Utilizar o app não é nada complexo: você entra com seu número de CPF e e-mail para se identificar. Depois disso, cole o Bilhete Único na parte de trás do aparelho e o sistema vai realizar a leitura, informando o saldo e oferendo opções de Vale Transporte (cuja recarga é automática) e compra de créditos de passe comum (ainda não há opção de recarga de Bilhete Escolar). A cobrança por enquanto é realizada apenas via boleto bancário, que leva até um dia útil para ser compensada e validar os créditos. Entretanto, é melhor do que nada.

Aos interessados, é possível baixar o app aqui.

Fonte: SPTrans.

relacionados


Comentários