Home » Games » Jogo de Neil Gaiman ganha data de lançamento

Jogo de Neil Gaiman ganha data de lançamento

Para alegria dos apaixonados por games com bons enredos e os fãs de Neil Gaiman, o game em que ele está envolvido ganhou uma data de lançamento e ela não demorará para chegar.

5 anos atrás

Wayward-Manor

Talvez seja um pouco precipitado fazer tal afirmação, mas eu acredito que os games já estejam num nível muito bom quando se trata das histórias que são contadas por eles. Mesmo assim, fico muito feliz quando um grande roteirista ou escritor resolve emprestar seu talento para a mídia, como é o caso de Neil Gaiman e o jogo Wayward Manor.

Conhecido principalmente pelos quadrinhos Sandman, Gaiman sempre gostou de explorar novas maneiras de se contar uma história e para a alegria daqueles que gostam de videogames, uma parceria com a The Odd Gentlemen dará origem a um promissor jogo e agora sabemos que isso acontecerá em breve, mais precisamente no dia 15 de julho.

Estamos trabalhando dia e noite para nos certificar de que o Wayward Manor será o melhor jogo que pode ser. Em ultima análise, isso significa que tivemos que tomar a dura decisão de adiar o jogo,” explicaram os responsáveis pelo game em uma nota oficial. “Após adicionar mais quebra-cabeças, um polimento extra aos níveis e talvez até algumas surpresas paranormais; finalmente estamos prontos para anunciar uma data de lançamento para o Wayward Manor.

A princípio sendo disponibilizado apenas através do Steam e da Humble Store, no jogo assumiremos o papel de um fantasma que tem como objetivo fazer com que os moradores de uma mansão deixem o lugar e dada a capacidade de Gaiman de contar histórias fantástica, quem gosta de um bom mistério deve estar ansioso para colocar as mãos no título que misturará puzzles e plataformas.

A esperança então passa a ser de que os criadores do The Misadventures of P.B. Winterbottom consigam transformar o provável bom enredo em um jogo divertido, pois caso o Wayward Manor seja criticado por sua qualidade como game, acho que o pior nem será o seu insucesso, mas o risco de alguém como Neil Gaiman desistir de contribuir com a indústria.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários