Home » Games » Valiant Hearts, um jogo sobre a guerra onde não mataremos ninguém

Valiant Hearts, um jogo sobre a guerra onde não mataremos ninguém

Embora seja ambientado na Primeira Guerra Mundial, Valiant Hearts é um jogo onde não mataremos ninguém e de acordo com criadores, isso acontecerá para criarmos uma maior empatia com os personagens.

6 anos atrás

valiant-hearts

Esta semana marca o lançamento do Valiant Hearts, jogo que se passa na Primeira Guerra Mundial e depois de ter arrancado lágrimas de muitas pessoas com o trailer exibido na conferência da Ubisoft na E3, o game designer Simon Chocquet-Bottani falou um pouco sobre a criação e como tentaram fugir do lugar comum.

A fim de nos concentrarmos neste lado mais ‘humanizado’ da guerra, tivemos muito cuidado de não termos os personagens matando ninguém. A guerra mata pessoas, mas nenhum dos personagens fará isso. Nós realmente pensamos que permitir que os jogadores pudessem matar alguém poderia levar à uma ruptura da ligação entre o jogador e o personagem, e isso confundiria a mensagem geral do game. Mesmo quando realizamos uma ação indireta, como destruir uma ponte, nos certificamos de mostrar ao jogador que os soldados na ponte escaparam ANTES da explosão.

Chocquet-Bottani também falou sobre como a jogabilidade mudará de acordo com um dos personagens que estivermos controlando. Um exemplo é um cozinheiro chamado Emile. Devido as suas limitações físicas, ele prefere fugir do confronto direto com os inimigos e por isso a maior parte do tempo estará resolvendo quebra-cabeças pelas fases. Já o soldado americano Freddie terá maior contato com a ação.

O jogo ainda nos oferecerá partes onde temos que acertar sequências de botões para curar personagens e outras onde teremos que tentar passar despercebido e é esta variedade que tem sido mais elogiada no Valiant Hearts, além é claro, da sua temática e a belíssima direção artística.

Desde que foi anunciado tenho aguardado o Valiant Hearts com uma enorme expectativa e embora seu preço seja bastante convidativo, sei que se o comprar agora não jogarei tão cedo e por isso acho que o melhor é esperar alguma promoção, algo que tenho feito cada vez com mais frequência.

Fonte: PlayStation Blog.

relacionados


Comentários