Home » Filmes e séries » Por US$ 20 mil George R.R. Martin vai te matar horrivelmente e você vai adorar

Por US$ 20 mil George R.R. Martin vai te matar horrivelmente e você vai adorar

A boa notícia é que você tem chance de aparecer em um dos livros de Game of Thrones. A má notícia, mas não muito inesperada, é que você vai morrer. Isso se for um dos doadores da campanha em prol de lobos carentes, apoiada por George R.R. Martin.

5 anos atrás

GoT_slapping_joffrey

Game of Thrones (ou A Song of Ice and Fire, como os fãs dos livros não vão te deixar esquecer) é o maior sucesso televisivo de todos os tempos, com hordas de fãs assistindo até via streaming pirata dos EUA. É um caso raro onde uma série que deveria ter 463.247 personagens à essa altura, conta com uns 5 ou 6, graças à sanha assassina (eu disse sanha, não Sansa) de seu autor, George R.R. Martin, que não tem problema em passar a faca em qualquer um.

Fora chocar floquinhos, assustados com violência sexo e morte, George R.R. Martin adora lobos, gigantes ou não. E por eles está disposto até a fazer algo que qualquer escritor abomina: interagir com leitores.

George está participando de uma campanha de arrecadação de fundos para o Wild Spirit Wolf Sanctuary, uma ONG que abriga 60 lobos e assemelhados em Santa Fé, Novo México. Até aí, mais um artista pedindo grana pra caridade, certo?

Errado, ele vai bem além. A campanha vai sortear entre todos os participantes uma viagem até o santuário, onde você passará o dia com o George e poderá encher o saco dele com perguntas sobre Game of Thrones.

Outros participantes, como é comum nessas campanhas de crowdfunding, ganharão prêmios como mapas de Westeros autografados, um dos chapéus do homem, um café da manhã com ele E, no nível mais alto de doação, MÁRTIR, se você botar na mesa US$ 20 mil ganhará o direito de aparecer e morrer no próximo livro da série, poderá escolher a classe do seu personagem e terá garantida uma morte horrível. Sim, provavelmente você será um Stark.

A campanha parece ter feito sucesso. A meta era atingir US$ 200 mil em doações, em 60 dias. Neste momento, faltando 59 dias já estão com US$ 167.564.

Há gente reclamando que isso afeta a integridade artística da obra, que dinheiro não pode ser usado para alterar uma criação, bla bla bla. Quer saber? Não gostou faz melhor. É muita arrogância querer decidir o que um autor pode ou não incluir em sua obra. De resto, melhor pararem de reclamar ou ele mata outro Stark.

Fonte: WSJ.

Leia mais sobre: .

relacionados


Comentários