Home » Meio Bit » Apple e Mac » Engenheiro responsável pelas câmeras da linha Lumia une-se à Apple

Engenheiro responsável pelas câmeras da linha Lumia une-se à Apple

Ari Partinen, engenheiro especialista em qualidade de imagem responsável pelas câmeras do Nokia 808 PureView e Lumia 1020 é contratado por Cupertino

5 anos atrás

ari-partinen

Quando a Nokia cometeu a sandice de introduzir uma câmera de 41 megapixels no 808 PureView, muita gente viu o movimento como uma sandice sem tamanho. O que levou um tempo para as pessoas perceberem é que, apesar de ser um componente com um número absurdo de pixels a câmera era excelente, fruto de um projeto de engenharia muito bem bolado envolvendo o jogo de lentes, o sensor e algoritmos condensando diversos pixels em um único com mais detalhes. Isso permite coisas que um outro smartphone não pode realizar, como zoom digital sem prejuízo na imagem e oversampling.

Parte da culpa se deve ao engenheiro Ari Partinen, que entrou na Nokia em 2007 e é especializado em qualidade de imagem otimização de componentes mobile (voltados à câmera), como seu perfil no LinkedIn diz. Ele pôs a mão em praticamente todos os lançamentos da Nokia desde então, incluindo o Lumia 1020, o smartphone que conquistou até fotógrafos profissionais.

Só que o tempo passou, a Nokia foi absorvida pela Microsoft e muitos profissionais agora estão procurando outras paragens. Partinen não é exceção; o problema é que como a Microsoft não conseguiu segurá-lo, o pior cenário (para ela) acabou se tornando realidade: o engenheiro agora faz parte do time da Apple.

Partinen revelou a novidade na sexta-feira; ele comentou no Twitter que aquele seria seu último dia na família Lumia e que ele vai iniciar um novo capítulo em sua vida em Cupertino. Mesmo tendo ficado óbvio o bastante, ele confirmou com todas as letras par que não restassem dúvidas: "sim, estou indo para a Apple".

partinen-tweets

Ainda que muita gente diga que as câmeras dos iGadgets sejam mágicas e tudo mais, é um fato inegável que o nível de qualidade alcançado pela linha Lumia é absurdo, não tendo precedentes no cenário mobile e nenhum outro dispositivo que se compare. Evidente que Partinen não é o único engenheiro da Microsoft responsável pelas câmeras, mas em todo caso não é um bom sinal permitir que um profissional desse porte vá parar na concorrência.

A Apple vem tentando melhorar suas câmeras sem ter que aumentar as dimensões do componente, algo que embora não tenha ocorrido com o 808 PureView e o Lumia 1020 já é percebido no Lumia 1520, com um sensor de 20 MP e tamanho bem reduzido. Um iPhone com uma câmera tão boa quanto uma PureView dos Lumias seria terrível para a Nokia, que marketeia as câmeras como o ponto forte de seus dispositivos de ponta. E pela incapacidade da Microsoft em segurar Partinen, é o que pode acabar ocorrendo.

Fonte: TC.

relacionados


Comentários