Home » Mobile » Acessórios » Google cobra US$ 1.500,00 por um Google Glass que custa US$ 80,00?

Google cobra US$ 1.500,00 por um Google Glass que custa US$ 80,00?

Um site fez uma autópsia do Google Glass, o brinquedo de US$ 1.500,00 que todo mundo quer, e descobriu que os componentes somados custam menos de US$ 80,00.
Tem gente bem nervosa com isso, mas será mesmo que é pura ganância do Google?

4 anos e meio atrás

mrpotter

Existe um termo que todo mundo usa mas não faz realmente sentido: “preço justo”. É como se houvesse uma limitação moral ao lucro, mas economicamente isso não faz sentido. Vender um carro de R$ 50 mil por R$ 100 mil é ganância, mas ninguém reclama da água que custa R$ 1,50 ser vendida por R$ 3,00 na praia. Outro exemplo: se você for comprar um sabonete e na farmácia da esquina custar R$ 10 mais barato, você vai até lá, mas se for comprar um carro NUNCA sairá da concessionária atrás da loja vizinha se o desconto for de R$ 10, mesmo nos dois casos estar economizando a mesma quantia.

Existem vários fatores que determinam o preço de um produto, o custo de produção é apenas um deles. Mesmo assim é desconfortável a notícia de que o controverso Google Glass custa em materiais menos de US$ 80,00 e é vendido por US$ 1.500,00.

Será que o Google se rendeu à ganância? Ou está usando o oposto da estratégia do traficante, oferecendo nessa fase de testes um produto artificialmente caro?

Ao preço de US$ 1.500,00 o Glass é inviável, seria mesmo se já não houvesse uma prevenção da opinião pública contra ele. Há poucos gadgets nessa faixa de preço que fariam o geek americano meter a mão no bolso, e o Glass entrega pouco demais para justificar o valor.

Por outro lado o Glass precisa muito de experiência de uso real, nessa fase de desenvolvimento. Isso não pode ser feito só com funcionários, naturalmente tendenciosos a torcer pela empresa. É preciso um grupo de desenvolvedores e testadores que goste o suficiente da tecnologia para oferecer feedback real. A melhor forma de identificar essa gente é oferecer o Glass por convite, a um preço exorbitante. Só os realmente interessados continuarão… interessados.

Óbvio que o custo não envolve só peças, há marketing, Pesquisa e Desenvolvimento, montagem, suporte, um monte de outros fatores, mas o simples fato do hardware em si ser tão barato é excelente notícia. Significa que o produto final custará bem menos que os US$ 1.500,00 das versões de desenvolvimento. Também é uma boa dica de que versões mais poderosas não custarão muito mais caro. Faz sentido, os 16 GB de armazenamento da versão atual já são apertados, imagine um dia, no futuro distante quando o Glass for lançado.

Fonte: AT.


Leia mais sobre: , .


relacionados


Comentários