Home » Internet » Virgin Atlantic vai experimentar iBeacons em aeroporto de Londres

Virgin Atlantic vai experimentar iBeacons em aeroporto de Londres

Virgin Atlantic vai utilizar tecnologia iBeacon para enviar mensagens e oferecer descontos para donos de iGadgets em aeroporto de Londres

6 anos atrás

richard-branson-picked-up-by-women

Quando a Apple apresentou lá atrás o iOS 7, um dos recursos que a empresa disponibilizou que ela não fez a menor questão de divulgar era o iBeacon. Trata-se de uma tecnologia de comunicação e posicionamento que utiliza Bluetooth de Baixa Frequência (BLE) para enviar notificações, habilitando dispositivos a receberem notificações e realizarem determinadas funções dependendo do contexto. Funciona como o NFC, com a vantagem de possuir um alcance de até 50 metros.

Além dos dispositivos Apple, o Android a partir do 4.3 Jelly Bean, o BB10 e WP8 são compatíveis com BLE, que para fins de marketing é chamado de Bluetooth Smart. o iBeacon é a solução própria da Apple, compatível com iPads a partir da 3ª geração e iPhones 4s em diante. A Estimote é uma empresa que está trabalhando para fornecer os Beacons dedicados a se integrarem com os iGadgets (visto que a Apple já instalou a tecnologia em todas as suas Retail Stores dos Estados Unidos e estuda utilizá-la em conjunto com o Touch ID para oferecer uma solução própria de pagamentos móveis), de modo a atender grandes e pequenos clientes. Um dos primeiros interessados é sem muita surpresa Sir Richard Branson, que através da Virgin Atlantic pretende instalar os transmissores no Aeroporto Heathrow em Londres para enviar mensagens específicas a seus clientes.

A ideia aqui é oferecer aos clientes da Virgin através do Passbook ofertas como descontos em diversos produtos, bem como informações a respeito de seus voos. E essa nem é a primeira vez que Branson apronta algo do tipo: no mesmo aeroporto suas atendentes recebem passageiros de primeira-classe da Virgin (que chegam de limusine, claro) utilizando Google Glasses, permitindo que as comissárias tenham acesso rápido às informações do voo do passageiro e adicionais como previsão do tempo, além de dispor de tradução em tempo real (quase um Babel Fish).

Ainda que haja preocupação genuína que os iBeacons venham a ser uma fonte de spams, tudo depende de como o sistema é implementado. Um museu de Nova York é um bom exemplo da tecnologia utilizada de forma inteligente, ao utilizar o BLE para criar um campo minado gigante virtual.

Fonte: CoM.

relacionados


Comentários