Home » Internet » Dica: não aplique trotes de ataques terroristas. Nem no Twitter

Dica: não aplique trotes de ataques terroristas. Nem no Twitter

Holandesa de 14 anos aprende da pior maneira que não se deve usar o Twitter para mandar ameaças de ataques terroristas à American Airlines

6 anos atrás

american-airlines

Uma coisa que muita gente ainda não se tocou é que a internet não é um ambiente de liberdade absoluta. Tanto no ambiente virtual como na vida real é preciso se comportar, existem regras de conduta e você não pode sair externando tudo o que pensa ou sair fazendo pegadinhas. Aqui no Brasil tivemos o caso de Mayara Petruso, que foi condenada a um ano de prisão (pena convertida em serviços comunitários) por publicar comentários preconceituosos no Twitter contra nordestinos em 2010 quando Dilma foi eleita. Outro caso recente foi o de Justine Sacco, ex-executiva da IAC que auto-destruiu sua carreira pelo mesmo motivo.

O caso do dia também envolve o Twitter mas o conteúdo não foi preconceituoso, mas uma tentativa de pegadinha com o assunto preferido dos que se acham: terrorismo. A gente cansa de avisar, os Estados Unidos estão num nível de paranoia 9000 desde 11/9, qualquer piadinha relativo a islã, terror e bomba é cadeia na hora. Ainda assim um brasileiro idiota foi fazer piada com a TAM e a polícia norte-americana e bom, deu no que deu.

O imbecil, ou melhor a imbecil da vez foi uma adolescente holandesa de 14 anos chamada Sarah, que pensou que não haveria nada demais em trollar a American Airlines pelo Twitter. Acreditando que ninguém monitora as comunicações ela mandou uma mensagem à companhia aérea com o pacote completo: se identificou com um afegão membro da Al-Qaeda e prometeu "algo grande" para o dia 1º de junho". Claro, a mensagem não era consistente com sua conta, ela era apenas mais uma fã da Demi Lovato. Aparentemente ela não compareceria em um show em Londres que a cantora vai realizar na mesma data e resolveu aplicar essa pegadinha.

Claro, a American Airlines não pegou leve:

tweet-001

Como eu disse, você não faz piada sobre terrorismo. A American Airlines não quer saber se você está falando sério ou não, se você é maior de idade ou não. A mensagem e o endereço IP foram enviados ao FBI, que realizou a investigação em tempo recorde. Repassadas as informações à polícia de Roterdã, o resultado não poderia ser outro:

tweet-002a

Notem, o prazo entre a mensagem engraçadinha de Sarah e sua prisão foi de apenas um dia. Antes de sua conta ser exterminada ela tentou a defesa padrão #foiráquer, antes de admitir que escreveu mesmo o texto, dizendo que queria ser famosa "estilo Demi Lovato, e não Osama Bin Laden." Eu quase fiquei com pena. Quase.

Moral da história: não mexa com a American Airlines.

Fonte: DN.

relacionados


Comentários