Windows XP terá suporte 24 horas estendido na China

xp-logo-china

Como o Cardoso bem disse no último texto sobre o nosso sistema operacional querido que se recusa a morrer, a grande maioria da população não vê dispositivos tecnológicos como a gente. Para eles um PC, um smartphone são ferramentas para cumprir determinadas funções, e se elas fazem isso bem a necessidade que essas pessoas terão em trocá-las é zero. Não adianta você apavorá-los com ameaças à segurança, ele vai ignorar tudo o que você disser assim que for mencionado que eles terão que tirar o escorpião do bolso.

Quando a gente vai para o mundo corporativo o cenário é ainda pior. Empresas são muquiranas por definição, economizam até no café se preciso for. Funcionários nem se fala, e por muito tempo permaneceu a noção de que o departamento de TI só serve para dar despesas. Com isso trocas de equipamentos foram sendo empurrados com a barriga até o ponto que nos encontramos hoje: a Microsoft tenta matar o XP desde terça-feira, ninguém quer ficar desprotegido ao mesmo tempo que não pretendem gastar com versões mais novas do Windows, e na maioria dos casos com upgrades completos de hardware. Por isso o governo inglês comprou um pacotão de atualizações estendidas da Microsoft para o XP por 5 milhões de libras.

A China tem um problema parecido mas de dimensões bem maiores: 70% dos computadores do país, cerca de 200 milhões de unidades rodam XP. Isso mesmo: apenas um em cada três PC chineses está atualizado. A preocupação é com usuários individuais que não teriam dinheiro para comprar um hardware com Windows 8 ou mesmo o 7, mas é óbvio que empresas também estão nesse barco. Só que como a República Popular é mão-de-vaca ao extremo não vai fazer como os ingleses pois em vez disso uma empresa parceira da Microsoft vai disponibilizar suporte via telefone 24 horas por dia. Uma outra empresa vai prestar auxílio aos interessados em migrar do XP para versões mais novas do Windows, embora não esteja claro se isso inclui migração de dados.

Eu tenho minhas dúvidas se essa estratégia vai funcionar para usuários individuais. Como pelo visto as empresas que se virem, quem ainda utiliza o Windows XP em casa não é do tipo que está preocupado com o que pode acontecer com seus dados, pois estaria ciente que seu computador está pra lá de defasado.

Fonte: DT.

Relacionados: , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Profissional de TI auto-didata, blogueiro que acha que é jornalista e careca por opção. Autor do Meio Bit e Portal Deviante, podcaster/membro fundador/Mestre Ancião do SciCast e host/podcaster do Sala da Justiça.

Compartilhar