Home » Mobile » Assista a um Android exercer a 3ª Lei de Asimov

Assista a um Android exercer a 3ª Lei de Asimov

É raro um instant karma assim, mas o vídeo é lindo. Veja um daqueles manés que destroem gadgets novinhos pra ganhar hits descobrindo que com química não se brinca. Nem se martela.

6 anos atrás

evil-robot

Quero ver tentar com esse.

Existem alguns conceitos que se tornam universais em ficção científica. Um bom exemplo é a incapacidade de naves camufladas em usar suas armas. Isso se tornou uma regra informal em diversos universos ficcionais. Em outros casos o conceito é tão bom que se torna algo usado no mundo real. Isaac Asimov é pai de vários desses conceitos.

O mais conhecido talvez seja o conjunto das 3 Leis da Robótica:

  • 1ª Lei: um robô não pode ferir um ser humano ou, por inação, permitir que um ser humano sofra algum mal.
  • 2ª Lei: um robô deve obedecer as ordens que lhe sejam dadas por seres humanos exceto nos casos em que tais ordens entrem em conflito com a Primeira Lei.
  • 3ª Lei: um robô deve proteger sua própria existência desde que tal proteção não entre em conflito com a Primeira ou Segunda Leis.

Vários engenheiros roboticistas já declararam que devem ser obrigatórias. Outros querem banir essas leis, pois criariam robôs inúteis para combate. Imagine um drone pacifista…

É raro vermos a 3ª Lei em ação, mas quando acontece é excelente. É o caso do vídeo abaixo. Um daqueles canais moderninhos do YouTube, o sujeito quer ser engraçaralho chocando os espectadores. É violência sem propósito, igual aos babacas que ficam horas na fila, compram o primeiro iPhone de modelo novo e imediatamente destroem na frente de todo mundo.

Dessa vez o alvo foi um inocente Galaxy S5. Sem nenhuma justificativa o imbecil destruiu um celular perfeitamente funcional com um martelo. Estou longe de ser ecochato, mas é um desperdício e um desrespeito com o Pequeno M'Bongo. Ele não está passando a 1ª infância nas minas de Samário no Congo Belga produzindo minerais de conflito para ver o fruto de seu trabalho destruído por um nerdzinho revolt.

Felizmente o nerdzinho revolt em questão não é dos mais espertos, e esqueceu que celulares costumam ter baterias e elas não são exatamente saudáveis. Sério, não coma nenhuma.

No vídeo o abestado martela a bateria, que reage soltando uma nuvem de material altamente tóxico. O sujeito respira, tosse, sai correndo e pede ajuda. Assista, é lindo.

Não há informações do que aconteceu com ele. O vídeo original inclusive foi tirado do ar. Sinceramente, que se rale. O mundo não precisa de gente que não entende que o Will It Blend? sem liquidificador é só vandalismo.

Fonte: MB.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários