Home » Especial » Nokia lança Lumias 1520 e 1320 e invade território do iPad Mini

Nokia lança Lumias 1520 e 1320 e invade território do iPad Mini

Nokia está lançando os Lumias 1320 e 1520, invadindo o mercado de celulares de telas gigantescas. Se é a sua praia, vale à pena, pois conseguem ser enormes sem a sensação de trambolho. Os dois são muito finos. O 1520 ainda por cima vem com uma câmera Pureview maravilhosa. No final só vai depender do tamanho do seu bolso e do tamanho do seu bolso.

6 anos atrás

Os Lumias pelo visto vieram para ficar. Já são a segunda plataforma mais vendida no Brasil, o que não deixa de ser curioso, pois demonstra que o consumidor que rejeitou o Windows 8 não teve problemas com o Windows Phone, que com sua interface completamente diferente do “padrão”, sempre foi a grande incógina. Pelo visto ser bonito e elegante ajuda. Hora de comprar whey.

Depois do Lumia 1020 e sua câmera mágica, que na verdade troca as fotos de todos os homens pelo George Clooney e todas as mulheres pela Scarlett Johansson, foi a vez da Nokiasoft (too soon?) investir em um território novo: os telefones enormemente grandes demais da gota.

O resultado, os Lumias 1520 e 1320 são excelentes dentro da proposta, como pude constatar no evento de lançamento, mexendo bastante nos bichos e conversando com diversos especialistas. Infelizmente a proposta não é pra mim.

Como ponto alto devo reconhecer que em nenhum momento tentaram empurrar o horrendo termo “phablet”, o 1520 e o 1320 são vendidos como celulares de tela grande, a percepção de que pode ser um bom mini-tablet é toda minha.

Especificações

Nokia Lumia 1320:

  • Dimensões: 164,2 × 85,9 × 9,8 mm
  • Peso: 220 g
  • Tela: 6 polegadas, HD 1280 × 720, 245 ppi, Gorilla Glass 3
  • Câmera: Faceti-digo, Skype: HD , principal 5 Mp com flash de LED
  • CPU: Snapdragon S4 Dualcore 1,7 GHz
  • Memória: 8 GB de armazenamento, 1 GB de RAM
  • Bateria: 3400 mAh - 672 h de standby em 2G, bem menos em 4G mais ainda uma eternidade
  • Conectividade: 4G, GPS, GLONASS, NFC, Bluetooth, Wi-Fi, etc
  • Expansão: slot micro-SD para cartão de até 64 GB

 

Nokia Lumia 1520:

  • Dimensões: 162,8 × 85,4 × 8,7 mm
  • Peso: 209 g
  • Tela: 6 polegadas, FULL HD 1920 × 1080, 367 ppi (chupa, Retina), Gorilla Glass 2
  • Câmera: Faceti-digo, Skype: VGA, principal 20 Mp Carl Zeiss, Pureview e todas aquelas magias da câmera do 1020. Apenas maravilhosa.
  • CPU: Snapdragon Krait 400 quadcore 2,2 GHz
  • Memória: 16 GB de armazenamento (há um modelo com 32 GB, não sei se chegará aqui), 2 GB de RAM
  • Bateria: 3400 mAh - 762 h de standby em 2G, ou em termos realistas, um dia e meio de uso médio-pesado.
  • Conectividade: 4G, GPS, GLONASS, NFC, Bluetooth, Wi-Fi, etc
  • Expansão: slot micro-SD para cartão de até 64 GB

Em termos de preço, o Lumia 1320 sairá por R$ 1.399,00 e o 1520 por R$ 2.399,00. Ambos chegarão às lojas em março.

A performance, mesmo do 1320, que é o irmão especial mas muito amado do 1520 é BEM decente. A Microsoft aprendeu com o horror que foi o licenciamento do Windows Mobile, as exigências para uso do Windows Phone garantem que mesmo o mais humilde smartphone com Windows Phone terá uma experiência de uso decente.

Aplicativos

Tirando a briga de jardim de infância entre Google e Microsoft, a maior parte dos grandes aplicativos já estão oficialmente no Windows Phone. Dá pra dizer que o pior já passou. Foi a mesma coisa com o Android, um sistema novo sem usuários não atrai desenvolvedores. A própria Apple investou US$ 250 milhões fomentando aplicações do iPhone, na era das trevas de 2007/2008. Hoje o ecossistema já está estabelecido, são mais de 200 mil aplicações, mas dá pra ser feliz com bem menos que isso.

Entretenimento

Asphalt e Batman rodando em tela de 6 polegadas em HD é lindo. Não sou um grande gamer de celular, tempo de bateria é precioso demais pra desperdiçar com pixels coloridos, e se estiver em casa jogo no PC, mas é bom saber que hoje um celular, como diria o Judão, chuta bundas. Não deixa nada a dever para qualquer console de uma geração atrás.

Já Netflix… aí sim a tela grande faz diferença. Minha experiência de bar com tablets de 9 polegadas da Apple não é boa. É  chamativo demais. Já com um Slate de 7 polegadas, foi bem melhor. Com um Lumia de 6 seria perfeito. Ele é fino o bastante para não ser incômodo de segurar e a tela é maravilhosa. Tem o tamanho certo pra você assistir Top Gear e conseguir enxergar o Richard Hammond, sem chamar a atenção daquela criança chata correndo pelo restaurante que vai inevitavelmente ficar do seu lado querendo ver seu tablet.

Hoje eu viajo sem a câmera “de verdade”, o Lumia 920 atende perfeitamente. Digo que ele é um excelente companheiro para o iPad, onde estou escrevendo este texto. Um Lumia 1520 seria um excelente substituto do tablet, a integração via SkyDrive OneDrive e NFC criaria uma dupla matadora. Como dá pra perceber em entendo o 1520 como um celularzão de viagem. Outros podem achar a ideía de um telefone de 6 polegas excelente pra todos os dias, outros não vão querer ver nem pintado.

Conclusão:

Os Lumias 1320 e 1520 são excelentes aparelhos para um público específico, que demanda aparelhos de tela gigantesca e odeiam o termo phablet. O 1520 é para quem além disso precisa de processamento top e uma câmera maravilhosa, e quer pagar por isso. A decisão de compra é simples: se você tem um Lumia 1020, pegue um 1320, do contrário, vá no 1520.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários