Home » Mercado » Apple e Samsung agora dominam 120% dos lucros do mercado de smartphones (não, você não leu errado)

Apple e Samsung agora dominam 120% dos lucros do mercado de smartphones (não, você não leu errado)

No quarto trimestre de 2013, Apple e Samsung conseguiram a proeza de dominarem quase 120% dos lucros do mercado mundial de smartphones. Isso mesmo, cento e vinte por cento. Vejam como isso é possível.

6 anos atrás

No primeiro trimestre de 2013, os lucros do mercado de telefones celulares, mais especificamente o de smartphones “de verdade”, se dividiram entre Apple e Samsung de forma que a Maçã tinha 57 por cento dos lucros mundiais e a Samsung ficava com os outros 43 por cento.

Laguna_Apple_Samsung

Até ali beleza, cem por cento bonitinho, mas aparentemente todo último trimestre chegam as contas malucas que incluem os prejuízos de outras empresas e essas duas gigantes juntas chegam a mais de cem por cento. Em 2012, por exemplo, a conta maluca do último trimestre deu 103%. Cento e três por cento. Apenas somando Apple e Samsung.

Enfim, entre outubro e dezembro de 2013, a Apple obteve 87,4% dos lucros mundiais no mercado de smartphones. Ok, usando a iMaginação, o resto também conhecido como Samsung mereceria os 12,6% da percentagem mas não, a sul-coreana ficou com 32,2%. Somando temos 119,6%. Quase cento e vinte por cento.

De acordo com o CEO da Apple, Tim Cook, na entrevista da semana passada, poderíamos supor que o mercado de smartphones estaria encolhendo, mas, aparentemente, o ritmo de crescimento dos lucros dessas duas principais fabricantes de celulares, que tendia a parar, foi pouco alterado. Em especial no caso da Apple, pois a Samsung infelizmente teve ligeira queda nos lucros do quarto trimestre de 2013. Só que esta ainda obteve lucro: outras notáveis fabricantes de smartphones (e tablets) nem de longe tiveram a mesma sorte da sul-coreana de permanecerem lucrativos no ramo no último trimestre do ano passado. Lembrando: as festividades de final de ano são as responsáveis pelo melhor período de vendas no ano.

Os prejuízos das outras fabricantes que não a Apple e Samsung tornam possível estas duas somarem quase 120% de lucros no mercado, pois a participação negativa de BlackBerry, Motorola, Nokia, HTC, Sony, entre outras, chegou aos alarmantes 19,6% (no último trimestre de 2012 a participação negativa delas somadas era de apenas 3%). Isso quer dizer que comprar um aparelho dessas empresas é praticamente um ato de caridade. Devemos excluir dessa lista vermelha a LG, que ficou no zero a zero graças ao destaque na mídia de aparelhos como o LG G Flex e ótimas vendas em mercados como o brasileiro.

Laguna_US_Share_Smartphone_Q4_2013

Como estão as fabricantes de smartphones no mercado norte-americano (Crédito: comScore)

Aliás, se formos imaginar mercados como os Estados Unidos, por exemplo, todos esses números revelam que o maior mercado do mundo (em termos de escala e poder de compra condizente) está saturado (ou bem próximo da saturação): não é que todo norte-americano já tenha o seu smartphone, mas podemos ter usuários de feature phones que preferem evitar a compra de um celular mais complexo e caro na atual crise econômica.

Enquanto isso, temos os países emergentes onde todo mundo quer comprar um smartphone e esbarra nos preços elevados dos aparelhos high-end e planos de telefonia, estes que aqui no Brasil a gente tem que tentar pagar pelo menos pior. Sem a oferta próxima do acessível de bons planos de dados, muita gente acaba por usar o smartphone “de verdade” como feature phone mesmo.

Bom lembrar que o tio Laguna, no presente texto, estava a falar dos lucros no mercado de smartphones. Se formos falar de telefones celulares em geral, a Samsung continua sendo a maior fabricante do planeta.

relacionados


Comentários