Home » Games » Miscelâneas » Turtle Rock diz porque se desligou da Valve

Turtle Rock diz porque se desligou da Valve

Depois de se tornar uma subsidiária da Valve e criar a série Left 4 Dead, a Turtle Rock Studios preferiu voltar a ser independente e um dos fundadores explica porque tomaram esta decisão.

5 anos atrás

evolve

Fundada em 2002 por Michael Booth e adquirida seis anos depois pela Valve, a Turtle Rock Studios tem como grande contribuição ao mundo dos games a criação da série Left 4 Dead. Mas depois de atuar sob as asas de uma das empresas mais respeitadas da indústria, porque a desenvolvedora voltar a ser independente?

Quem acabou com esse mistério foi Phil Robb, que ao lado de Chris Ashton refundou o estúdio e explicou a decisão durante uma entrevista.

Desenvolver em conjunto e trabalhar em um produto onde ambas as equipes, duas equipes bem organizadas, estão a 800 milhas de distância, é um pesadelo. Havia muita viagem de um lugar para o outro. No fim das contas, depois que entregamos o L4D, ninguém estava realmente feliz com a maneira como trabalhamos. Então sentamos com Gabe [Newell], conversamos sobre isso e fez sentido, você sabe, porque não voltar a aquilo que sabíamos que funcionava, que era voltarmos a ser independentes e que certamente funcionou para nós?

Robb disse ainda que trabalhar com a Valve era uma loucura, por causa do tempo que demoram para concluir seus projetos e que muito da cultura do estúdio mudou quando se tornaram uma subsidiária da criadora do Steam, algo que só conseguiram recuperar após voltarem a andar com as próprias pernas.

Se a escolha feita por eles dará um resultado positivo, isso poderá ser visto no próximo lançamento da Turtle Rock, o jogo Evolve. Nele um grupo de quatro jogadores terá como missão eliminar um enorme monstro que será controlado por outra pessoa e coisas como o excelente trailer abaixo (destaque para o genial logo) tem ajudado o game a despertar uma enorme expectativa nas pessoas.

http://youtu.be/zlaPT08Tmxc

Fonte: Eurogamer.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários