Home » Games » Loading Human, um adventure para ser jogado com o Oculus Rift

Loading Human, um adventure para ser jogado com o Oculus Rift

Loading Human é um promissor adventure point-and-click que deverá ser jogado enquanto utilizamos um capacete de realidade virtual como o Oculus Rift. Os destaques são o enredo e a total ausência de interface, algo tão comum nos jogos do gênero.

6 anos atrás

loading-human

Tendo como inspiração alguns adventures clássicos como o The Secret of Monkey Island e The Dig, a Untold Games anunciou um projeto que deverá chamar a atenção dos jogadores que adoram esse estilo de jogo, principalmente por ter como objetivo levá-los a um novo patamar.

Conhecido como Loading Human, o game deverá ter como grande diferencial a ausência de interface, algo tão tradicional no gênero, mas que devido a este detalhe nos obrigará a andar pelos cenários e pegar os objetos que acharmos que serão necessários para avançarmos na história, tudo sem nenhum tipo de pista visual. Se considerarmos que o jogo será compatível com capacetes de realidade virtual como o Oculus Rift, a imersão poderá tornar o jogo muito interessante e consideravelmente bem mais desafiador.

Quanto ao enredo, ela nos colocará na pele de André Gibson, um sujeito que está sofrendo com o Mal de Alzheimer e para que ele não esqueça o relacionamento vivido com sua esposa ao longo dos anos, ela o coloca num mundo virtual que empresta nome ao título. Lá ele reviverá alguns dos momentos que passaram juntos e imagino que isso poderá gerar uma série de eventos dramaticamente fantásticos

Os avanços na realidade virtual e tecnologia de sensores de movimentos tem nos permitido criar um novo nível de imersão com o Loading Human e estamos empolgados em oferecer um vislumbre do que aguarda os jogadores quando experimentarem a vida através dos olhos de André, suas mãos e movimentos,” declarou o ator e cineasta italiano Flavio Parenti, idealizador do projeto.

A previsão é de que o Loading Human seja lançado para PC e Mac até o final deste ano e acho que posso dizer que este foi o primeiro jogo que realmente me fez ter vontade de possuir algo como o Oculus Rift.

Fonte: Gamespot.

relacionados


Comentários